“Amor é…”, Bordados em Linho no Maia Welcome Center até 2 de Março

O Maia Welcome Center – Posto de Turismo da Maia, situado no Parque Central da Maia, reabre ao público, após obras de melhoramento que merecem também uma visita, com uma exposição de Bordados em Linho da autoria da artesã maiata Maria Helena Silva, intitulada “Amor é…”. “Amor é…” é uma exposição sobre os tradicionais bordados dos namorados em lenços de linho.

O Linho

Era cultivado em campos nas margens dos rios e ribeiros que atravessavam essas terras.

Nos seus leitos eram demolhados e corados e nos seus engenhos, espremidos.

Depois eram fiados e tecidos, aos serões, nas casas senhoriais e de lavoura existentes na época.

Os Bordados

Não existe nenhum registo de bordados típicos da Maia. No entanto existem peças que foram bordadas há dezenas e até centenas de anos, que têm passado por várias gerações e que foram bordadas nas casas de lavoura antigas e por jovens e senhoras maiatas.

Reza a história que para as casas de lavoura, vinham “servir” jovens de várias zonas do norte e do interior do país.

Também existiam mosteiros e conventos onde viviam jovens e freiras, vindas de todo o país, indo algumas dessas jovens para as casas senhoriais como damas de companhia, que dedicavam muito tempo a ensinar a bordar.

Conclui-se portanto que os bordados da Maia têm influências de todas as regiões, sendo esta a razão de serem tão diversificadas.

Predominam a marcação de roupas com monogramas em ponto de cruz vermelho ou em cheios brancos. Existem bonitas peças antigas que nos apresentam ricos bordados a branco, com pontos muito diversos e bastante trabalhados. Estas influências foram sendo transmitidas até aos nossos tempos, e por essa razão aparecem na Maia diversificados tipos de bordados.

Não sendo a Maia conhecida pelos seus bordados, é uma terra onde sempre se bordou e continua a bordar, belos e variados trabalhos.

A exposição com entrada gratuita pode ser visitada todos os dias entre as 09h00 e as 19h00.

Mais informações: 229444731.

 

Fonte: http://turismo.maiadigital.pt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *