Notícias Maia

BE aponta falhas aos transportes na Maia

Partilhas

O Bloco de Esquerda (BE) realizou, no passado dia 13 de abril, uma sessão pública sobre mobilidade e transportes no Concelho da Maia. A sessão pública teve lugar no salão da Junta de Freguesia de Vila Nova da Telha, uma das Freguesias onde a dificuldade de mobilidade é mais sentida pela população.

O objetivo desta sessão foi analisar a rede de transportes públicos no Concelho da Maia e as suas ligações aos Concelhos limítrofes, identificar alguns problemas e procurar formas de os resolver. Entre alguns problemas identificados foi ressaltado, de forma mais visível, a falta de coordenação do serviço prestado pelas várias operadoras de transportes no Concelho. Foi identificada também a falta de locais de estacionamento a preço e tempo razoáveis na área envolvente ao aeroporto, que é também terminal de outros transportes, tais como o metro e alguns autocarros. Durante a sessão foi projetado um mapa com todos os trajetos existentes no Concelho da Maia, onde facilmente se identificaram alguns locais/zonas que não são servidas por nenhum transporte público (ex: zona industrial da Maia), apesar de a linha do Metro a atravessar, mas sem qualquer conexão a outras redes.

Foi entregue à mesa por um utente da Maia Transportes um abaixo assinado, que o BE encaminhará para os órgãos competentes, referindo a necessidade a agilizar o modo de aquisição da assinatura mensal, bem como o alargamento do sistema Andante às varias carreiras da empresa. Em representação da Maia Transportes, Hugo Martins aproveitou para explicar alguns constrangimentos existentes, que impossibilitam o solucionamento imediato mencionando que alguns deles estão identificados e em fase de solução, como é o caso da linha 14 e o centro de saúde que serve Vila Nova da Telha ou a aquisição da mensalidade online, entreoutros.

A sessão teve como oradores um representante da Metro do Porto, um representante da STCP e o sub-diretor da Maia Transportes. Contou também com uma intervenção do deputado do BE à Assembleia Municipal do Porto José Castro.

Silvestre Pereira, candidato à Câmara da Maia,  vincou a importância destas sessões na construção da proximidade dos munícipes para com as autarquias, referindo ainda que aquelas se prolongarão por vários meses e convidando toda a população a participar, mostrando assim o empenho do BE na construção de um Concelho virado para o futuro.

COMENTE

Partilhas
Top