Câmara da Maia sem candidaturas independentes

No especial Autárquicas 2017, o Notícias Maia traz-lhe o que realmente precisa de saber sobre a campanha. Hoje analisamos as candidaturas à Câmara Municipal da Maia. Listas são todas provenientes de partidos políticos.

Com a campanha política para as eleições autárquicas 2017 quase a arrancar na sua maior força, verifica-se que apenas partidos políticos vão concorrer ao executivo municipal, apresentando-se a votos a coligação “Maia em Primeiro”, entre o Partido Social Democrata (PSD) e o CDS-Partido Popular (CDS), a coligação “Um novo começo”, do Partido Socialista (PS) com o Juntos Pelo Povo (JPP,) o Bloco de Esquerda (BE), a Coligação Democrática Unitária (CDU), o Movimento Partido da Terra (MPT) e o Partido Animais Natureza (PAN). A Maia mantém-se desta forma à margem das candidaturas independentes, ao contrário do que ocorre nos concelhos vizinhos do Porto, Matosinhos e Vila do Conde.

A coligação “Maia em Primeiro” apresenta uma lista idêntica à que venceu as últimas eleições, com maioria absoluta, há quatro anos. A grande alteração para 2017 está nos dois primeiros lugares, com o cabeça de lista, António Silva Tiago, a substituir Bragança Fernandes e com a entrada da Deputada à Assembleia da República, Emília Santos, a número dois da lista, mantendo-se os restantes lugares, no essencial, idênticos, até o último vereador eleito há quatro anos, Hernâni Ribeiro. Em número 8 aparece a primeira indicação do CDS, Eduardo Azevedo.

A coligação “Um novo começo” entre PS e JPP, mostra consideráveis alterações à forma como o PS se apresentou a eleições há quatro anos. Desde logo porque vai a eleições em coligação, tendo de dividir lugares com o JPP, o que se verifica logo no cabeça de lista, que anteriormente tinha sido Ricardo Bexiga (PS), sendo este ano Francisco Vieira de Carvalho, que é indicação do JPP apesar de não ter cartão partidário. O Partido Socialista indica para número dois a vereadora sem pelouro, Sandra Lameiras, a número três, Andrade Ferreira e de seguida o JPP indica o número quatro, Jaime Pinho, que há quatro anos encetou uma candidatura à Junta de Freguesia do Castêlo da Maia, como independente.

A CDU repete a candidatura com Ana Virgínia Machado a número um. A Deputada à Assembleia da República e vereadora sem pelouro na Câmara da Maia conseguiu ser eleita em 2013 e pretende reforçar o número de votos, melhorando o resultado e aumentando a importância dos comunistas no executivo.

O PAN avança com Maria Clara Lemos e o Bloco de Esquerda vai por seu lado tentar eleger Silvestre Pereira, Deputado Municipal na Maia. Por fim, o MPT vai a votos com António Braz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *