Distrital do PSD Porto emite comunicado sobre tentativa de impugnação da lista de Bragança Ferndandes

Na sequência  da apresentação ontem, por parte do PS, de uma impugnação contra a candidatura de Bragança Fernandes à Câmara da Maia, o PSD emitiu hoje um comunicado em que contesta a atitude “antidemocrata”  dos socialistas, afirmando ser esse o reconhecimento do PS Maia de que “vai perder nas urnas”. Os Social-democratas prosseguem dizendo que a candidatura não apresenta qualquer impedimento segundo a Comissão Nacional de Eleições. Segue-se a transcrição do comunicado emitido hoje.

COMUNICADO DA DISTRITAL DO PSD PORTO

O Presidente da Comissão Politica Distrital do PSD/Porto, Virgílio Macedo, e a concelhia do PSD da Maia, lamentam a atitude antidemocrata do PS da Maia, ao tentar impugnar a candidatura da coligação PSD/CDS-PP, à Câmara Municipal da Maia, protagonizada na figura do Bragança Fernandes. Este comportamento é ainda mais de lamentar porque o PS sabe bem que a Comissão Nacional de Eleições não enquadra a situação do candidato Bragança Fernandes em nenhum sistema impeditivo.

Este é o reconhecimento por parte do PS da Maia que, em virtude de não ter apresentado nenhuma ideia ou projeto politico para a Maia, tenta confundir os maiatos, para ver se ganha na secretaria, eleições que tem consciência que vai perder nas urnas. Em Democracia nunca se deve ter medo do voto do povo, mas o PS com esta atitude demonstra que tem!. «Estou certo que o PS vai perder ainda mais eleitorado com esta atitude vergonhosa, porque sabe bem que o Bragança Fernandes tem toda a legitimidade para se candidatar e continuar a proporcionar aos maiatos o desenvolvimento económico, desportivo, social, educativo e cultural, que tem sido apanágio do seu trabalho de excelência como autarca», observa Virgílio Macedo.

A coligação PSD/CDS- PP, candidata à Câmara da Maia, não teme nada, porque a sua candidatura não tem qualquer vício de forma, conforme a interpretação da Comissão Nacional de Eleições, mas não pode deixar de recriminar esta prepotência do PS local, que candidata Ricardo Bexiga, um candidato sem qualquer ligação ao concelho, e que terá certamente a maior derrota socialista de sempre na Maia.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *