Entre duas fumaças!

1.- fuma-se em abundância. entre duas fumaças descobrem-se uma série de asneiradas. da língua portuguesa. as asneiradas não são aquilo que se convencionou. mas muito mais graves. com aquelas posso bem. com estas repudio. não sei onde compram o tabaco. talvez a produção lá o coloque. para gaudio das tabaqueiras. publicidade deve ser de borla. ou será que as marcas de tabaco pagam. talvez. mas dizia eu entre duas fumaças parece que existem segredos. o dinheiro vai cair a qualquer tempo. também existem o que consideram expulsões. expulsão é um termo severo. mesmo muito severo. para quem diz que fazer amor é o quotidiano. o meu país vive isto como se não fora nada. qualquer dia a expulsão é um termo comum. aqui ensina-se de tudo. a mentira é useira e vezeira. todos mentem. todos dormem sobre a mesma capa. tudo ao monte. inacreditável como estas coisas constituem um programa de televisão em horário nobre. com uma senhora que parece ganha cinquenta mil euros por mês. só para dizer baboseiras. que se o fossem e nada dissesse de mal estou como o outro. deixa andar. mas não. constituem uma pobreza intelectual e cultural. é assim a casa dos segredos. na tvi.

2.- uma coisa parece ser certa. na linguagem esquisita de dentro e fora da casa dos segredos. para tudo os portugueses decidem. e a “voz” também. esta é soberana. quer na linguagem da apresentadora. quer na linguagem dos participantes. nunca pensei ter chegado à democracia participativa no meu país. nunca pensei que eu que sou português decida sobre quem é expulso ou não. quem deve fazer ou não aquelas reuniões de gritos por coisas inarráveis. já ouvi dizer ser uma peixeirada. mas não é. por que as peixeiradas são de peixeiras e essas são muito dignas. por que no meu país de navegadores e cientistas. de investigadores e escritores. de grande dimensão. com até o melhor treinador e futebolista. se permite a ignomínia. a incapacidade de vermos uma televisão a ser um servo informativo. o que se passa é a desinformação.

3.- entre duas fumaças sim. por que todos fumam a bem fumar. os portugueses decidem. mas quem deu autorização para esta afirmação abominável. em portugal há liberdade. mas a liberdade pressupõe o respeito. ninguém que saiba deu autorização para falarem em meu nome. nem em nome do meu país. nem em nome das portuguesas. nem em nome dos portugueses. vejam bem. uma das meninas que está na casa dos segredos veio um dia destes dizer como se faz para que a “raspadinha” saia a quem se quer. batota. motivou uma ação da santa casa da misericórdia de lisboa. até isto se ensina. como se não fosse nada. e os portugueses decidem sobre tudo isto. é o que dizem. devo andar distraído por que ainda não ouvi os portugueses a decidir. como se existissem votações e urnas de voto.

4.- a casa dos segredos é uma brejeirice. a tvi que a desenvolve está a prestar ao meu país um verdadeiro terramoto de estupidez. se fosse só estupidez talvez não fosse muito mal. mas não. é um terrível atentado às mentes dos portugueses. sem estes decidirem. talvez à maneira do donald trump. este sim pode ser um telespectador atento. não decido sobre o que é bem ou mal. mas que a tvi está a prestar ao meu país um serviço de obscuridade cultural isso está. e social também. aquela casa dos segredos é uma tourada. onde o touro nem sabe que é touro.

Joaquim Armindo
Doutorando em Ecologia e Saúde Ambiental

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *