FC Pedras Rubras no Nacional de Séniores

O Futebol Clube Pedras Rubras garantiu este domingo a subida ao Campeonato Nacional de Séniores de futebol com uma vitória de 2-0 no terreno do Oliveira do Douro.

Após uma época de grandes emoções e de bom futebol, o Pedras Rubras chegou a Vila Nova de Gaia com a ambição de subir de divisão na última jornada, tornando-se, assim, o jogo do “tudo ou nada”, frente ao 4º classificado, Oliveira do Douro, que também tinha na subida um possível cenário.

As duas equipas partiam para o pontapé inicial com dois pontos de diferença e, para além disso, acontecia um jogo, não menos importante, no concelho de Valongo que opunha o 1º classificado, Sobrado, e o 3º classificado, Paredes, onde se podia condicionar a subida do clube maiato se este não vencesse.

O presidente do FC Pedras Rubras pediu e os adeptos responderam “sim”, marcando a sua presença no estádio em grande número. No entanto, estes só puderam festejar o 1º golo de João Jesus no minuto 70′, fruto de uma grande penalidade.

Sabia-se, ainda, que o Sobrado ia aumentando o registo no marcador, o que tornava a subida cada vez mais uma certeza. A 5 minutos do fim, Jesus bisa na partida e dá a sentença final, ditando a subida de divisão para os azuis e brancos da Maia.

 À conversa com o capitão da equipa, conhecido por “Tó”, percebeu-se que “o plantel é muito jovem”. No entanto, isso não foi um entrave para ver nele “uma família que se construiu ao longo da época” que lhes permitiu “combater tudo e todos e alcançar o sucesso” (referindo-se à penalização de três pontos na secretaria). Já António Pedro, treinador e um dos principais responsáveis pela alegria do Pedras Rubras, vê neste feito “uma página que se desenhou na história do clube” e, ao perguntar-lhe se houve algum segredo para esta subida, responde que “acreditar foi a chave do sucesso”. Em suma, o Pedras Rubras vai jogar a época 14/15 na série C do Campeonato Nacional de Séniores, defrontando equipas como o Salgueiros 08, Espinho e Gondomar.

Texto: Rúben Araújo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *