Notícias Maia

Funcionários municipais devolveram 4407 euros encontrados no lixo

Partilhas

Podia ter sido na Maia, mas não foi. Fonte autárquica citada pela agência Lusa explicou que o envelope, com o dinheiro e cheques, foi detetado no meio de resíduos, no Ecocentro de Laúndos, por trabalhadores municipais que procediam à separação de papel. Os valores foram devolvidos ao banco a que pertenciam.

O envelope continha um depósito no valor de 4.407 euros feito pelo cliente de um banco numa dependência desta instituição e que, por descuido, terá caído num balde do lixo. Seguiu, depois, o trajeto normal dos resíduos até ao ecocentro.

Após os três funcionários terem encontrado o pacote, fizeram-no chegar aos responsáveis da Câmara Municipal que, por sua vez, o entregaram à instituição bancária em causa, identificada no envelope.

O presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, considerou que este “tipo de atitude deve merecer a distinção da autarquia, justificando-se a atribuição dos votos de louvor aos funcionários Artur Alves, Horácio Costa e José Pinheiro pela seriedade demonstrada”.

Segundo o autarca, esta não foi a primeira vez que funcionários da Câmara Municipal encontraram somas de dinheiro no meio de resíduos e procederam à sua devolução.

“Recentemente, um trabalhador dos serviços de limpeza que estava a recolher resíduos numa casa particular também encontrou uma carteira (com mil euros) que supostamente iria para o lixo e devolveu-a ao proprietário”, descreveu o autarca.

Fonte: jn.pt

COMENTE

Partilhas
Top