Notícias Maia

Iluminações natalícias danificadas pela tempestade “Ana”

Partilhas

A tempestade Ana que se fez sentir com particular incidência no Norte do país causou estragos na Maia, nomeadamente nas iluminações de Natal que se encontram em reparação.

O município da Maia não terá sido dos mais afetados pelo temporal que se fez sentir esta noite no que concerne a danos. Denominado como tempestade “Ana”, terá provocado mais de 2700 ocorrências em Portugal continental, entre centenas de quedas de árvores, algumas inundações e quedas de estruturas. Na Maia as iluminações que se encontram na cidade sofreram danos, tendo o “ex-libris” destes símbolos festivos, a bola gigante do Pinheiro de Natal que se encontra na Praça, sofrido estragos consideráveis, encontrando-se em reparação. Também as iluminações no Monumento ao Triunfo das Gentes da Maia, também conhecido como Portas da Maia, sofreu estragos nas iluminações. Não são conhecidos danos de maior gravidade, apesar de algumas quedas de árvores e pequenas inundações no concelho.

A Câmara Municipal da Maia através da sua página de Facebook, emitiu um comunicado em que revela que está “a trabalhar com afinco para rapidamente repor o colorido da Festas na nossa cidade”.

Tempestade Ana dá agora lugar a temperaturas mais baixas

O pior já terá passado, tendo a tempestade começado a perder intensidade a partir das três da manhã, encontrando-se a dar as últimas, podendo a partir de agora ocorrer precipitação em forma de neve em terras acima dos 800 metros de altitude, no Norte e centro do país.

Esta foi a primeira tempestade com nome atribuído, sistema que passará a ser usado em Portugal, Espanha e França. Os nomes são atribuídos por ordem alfabética e são usados substantivos próprios humanos, em vez de números ou termos técnicos, para evitar confusão e ser de fácil memorização ao divulgar alertas.

COMENTE

Partilhas
Top