Notícias Maia

Maia cria programa de apoio a idosos na área da saúde

Partilhas

A Câmara da Maia criou ontem o programa “Sénior 60+”, um projecto-piloto que durante um ano visa dar resposta a necessidades específicas da população mais envelhecida nas áreas da saúde oral, educação alimentar e saúde mental.

“Muitos dos idosos do concelho não têm retaguarda familiar e o nosso objectivo é dar-lhes esse apoio em áreas tão importantes como a saúde oral e mental”, afirmou à Lusa o presidente da Câmara, Bragança Fernandes, a propósito da assinatura de protocolos com instituições públicas e solidárias para a criação deste projecto.

Este programa “saúde 60+” vai ser implementado no centro de dia e no lar do Centro Social e Paroquial de Águas Santas, no centro de dia da junta de freguesia de S. Pedro Fins e no centro de dia, centro de convício e lar da Santa Casa da Misericórdia da Maia.

A Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, a Escola Superior de Enfermagem de Santa Maria, o Instituto Universitário da Maia e a Universidade Fernando Pessoa são os parceiros desta iniciativa.

Na área da saúde oral, o projecto prevê formação em utentes, colaboradores e dirigentes na promoção da escovagem e da higiene oral, para contribuir para a prevenção da doença periodontal (perda de dentes).

Estão também previstas sessões de risoterapia e de momentos que promovam o bem-estar social à comunidade.

No que diz respeito à saúde alimentar, a autarquia implementará diversas actividades em nutrição, geriatria e gerontologia, como ‘workshops’ de culinária saudável, mostrando as razões de um sénior não poder comer determinado alimento.

Os idosos receberão também formação que os alerte para os perigos e barreiras existentes, bem como terão sessões de treino e exercício de memória.

Fonte: portocanal.sapo.pt

COMENTE

Partilhas
Top