Notícias Maia

Maia lidera região da AMP em empresas de alta tecnologia

Partilhas

INE destaca Maia como o concelho da Área Metropolitana do Porto (AMP) com “maior proporção” de empresas em setores de alta e média-alta tecnologia. Esta informação consta da publicação bienal “Retrato Territorial de Portugal”.

De acordo com o “Retrato Territorial de Portugal 2017”, publicado pelo INE, que analisou o triénio 2013-2015, a Maia é o concelho da Área Metropolitana do Porto com maior proporção de empresas em setores de alta e média-alta tecnologia, com quase o dobro da média da AMP. Esta mesma informação foi avançada por António Silva Tiago, no seu discurso de tomada de posse, no passado dia 26 de outubro.

Já a nível nacional, a Maia ocupa a terceira posição do ranking que é liderado por Oeiras, encontrando-se Aveiro em segundo lugar. Entre 2011 e 2016, apenas apenas seis municípios em todo o país registaram um crescimento efetivo positivo exclusivamente através da componente natural – Albufeira (Algarve), Maia (Área Metropolitana do Porto), Paços de Ferreira (Tâmega e Sousa), Sintra (Área Metropolitana de Lisboa), Lagoa e Ribeira Grande (Região Autónoma dos Açores).

De acordo com o INE, os sectores de alta e média-alta tecnologia compreendem as empresas classificadas nas indústrias de alta tecnologia, indústrias de média-alta tecnologia e os serviços intensivos em conhecimento de alta tecnologia. Em Portugal, no triénio 2013-2015, os sectores de alta e média alta tecnologia, correspondiam a 1,8% do total das empresas portuguesas, sendo responsáveis por 5,4% do pessoal ao serviço e por 11,4% do VAB gerado pelo tecido empresarial português.

COMENTE

Partilhas
Top