Notícias Maia

Maia será “Laboratório Vivo” para a descarbonização

Partilhas

O contrato de financiamento para a criação de um Laboratório Vivo para a descarbonização na Maia, entre o Município e o Fundo Ambiental, foi assinado no dia 6 de novembro, em cerimónia presidida pelo Ministro do Ambiente, Matos Fernandes.

A Câmara Municipal apresentou a proposta ““Living Lab: Maia – Net Zero Carbon City”, que tem como objetivo criar um território com balanço zero em emissões de carbono, tendo sido selecionada pelo Fundo Ambiental para a concretização do projeto no Parque Central da Maia e espaço envolvente. Esta iniciativa é promovida pelo Ministério do Ambiente, sendo doze as cidades pioneiras onde ocorrerá a implementação do projeto.

Um Laboratório Vivo para a Descarbonização traduz-se na adaptação de um espaço urbano com identidade local por forma a tornar-se num espaço de teste, demonstração e apropriação de soluções tecnológicas integradas em contexto real que promovam a descarbonização da vivência em cidades, através da integração de soluções nos domínios, entre outros, dos transportes e mobilidade, eficiência energética em edifícios, serviços ambientais inovadores e promoção da economia circular, numa lógica de interação entre o município, os centros de conhecimento, as empresas, as indústrias e os cidadãos. Pretende afirmar-se um território em ambiente de baixo carbono, resiliente, acessível, participado e conectado.

Mais sobre o tema: Maia escolhida para primeiro território com zero emissões de carbono

COMENTE

Partilhas
Top