Notícias Maia

Ouriços procuram ajuda para equipar a nova casa

Partilhas

A associação Amigos Picudos quer criar um Centro de Recuperação e Interpretação do Ouriço e para tal deu início a uma campanha de crowdfunding, aberta até 20 de setembro, que conta no momento em que este artigo foi escrito com mais de €1300 angariados.

Esta é uma associação singular em Portugal, a única que se dedica exclusivamente à preservação e proteção dos ouriços, no entanto o seu orçamento é demasiado curto para as necessidades.

Depois de um espaço garantido para se instalarem, cedido pela Câmara Municipal da Maia, a Amigos Picudos procura apoio para equipar o espaço. O CRIDO (Centro de Recuperação e Interpretação do Ouriço) será um local inteiramente dedicado aos ouriços europeus, espécie autóctone em declínio em toda a Europa.

Numa entrevista ao Jornal Público, a fundadora Clarisse Rodrigues afirmar pretender dar continuidade ao trabalho que tem feito quase por carolice, num espaço improvisado, desde Janeiro de 2013.

O espaço para a instalação do novo centro está garantido mas a necessidade não fica por aqui. “Para além das obras, falta algum do recheio (mesas e balcões em inox, estantes, cadeiras, autoclave, máquina de esterilização, incubadora, estetoscópio, material de enfermaria, etc.).”

Segundo Clarisse Rodrigues “qualquer euro conta”, sublinhando que não é preciso apoiar com elevados montantes para ser útil. Se a meta dos 2500 euros for atingida, o CRIDO poderá abrir portas ainda no Outono.

 

COMENTE

Partilhas
Top