Notícias Maia

Partido da Terra – MPT reage a comunicado da FAPEMAIA

Partilhas

O Partido da Terra reagiu ao comunicado realizado pela FAPEMAIA, afirmando igualdade de direitos e oportunidades enquanto candidato às eleições autárquicas de 1 de outubro de 2017. Em causa estará o convite endereçado a todas as forças políticas com assento na Assembleia Municipal e candidatas à Câmara Municipal.

O Notícias Maia recebeu uma nota de imprensa com a posição do Partido da Terra – MPT, acerca do comunicado da FAPEMAIA, subordinado ao tema das “propostas de educação”, que transcreve na íntegra:

“Saudamos a vossa disponibilidade para ver apresentadas as “propostas para a área da educação” das “forças políticas com assento na Assembleia Municipal e concorrentes à Câmara Municipal nas próximas eleições”.

Salvaguardando o vosso direito de admissão e critério de seleção dos intervenientes, estão em vossa casa, vimos por este meio registar as reflexões para a área da educação do Partido da Terra – MPT, sem assento na Assembleia Municipal em fim de mandato, mas participante, em igualdade de direitos, às próximas eleições autárquicas do Concelho da Maia no próximo dia 1 de outubro de 2017.

Para nós, a educação deve ser inclusiva. Todos têm direito a serem considerados como seres em igualdade de oportunidades face à educação. Todos, mesmo os que apresentarem dificuldades ou caraterísticas pessoais menos atrativas, devem ter a oportunidade de melhorar aprendendo e ser ensinados por aqueles que têm essa missão. A educação é amor e dádiva.

Estamos no início do ano letivo e muitas crianças nunca entraram numa escola. Quando são recebidas pela professora ou professor o seu mundo transforma-se e passam a ser seres mais complexos. Quem os acolhe deve ajudá-los nos primeiros tempos a socializarem-se numa realidade nova. A educação é solidariedade e entrega.

Para nós, a educação é integral. A pessoa não é uma ilha. A pessoa só sobrevive se considerar e for considerada por outras pessoas. Por outro lado, o conhecimento científico e/ou livresco não é suficiente para construir a personalidade de ninguém. O respeito pelos outros é fundamental no relacionamento humano. Darmo-nos ao respeito exige formação sã em corpo são. Não sendo a verdade exclusiva de ninguém temos que aceitar que os outros possam ter opinião sem deixar de defender assertivamente as nossas posições. Assim, a educação é respeito pelas pessoas, assertividade, equilíbrio e sensibilidade.”. Fim de transcrição.

 

 

COMENTE

Partilhas
Top