Piloto maiato Ricardo Oliveira faz balanço do Campeonato

Após a conclusão do Campeonato Inter-Municípios Norte 2014 chega agora a altura de fazer um balanço daquilo que foi a prestação da dupla maiata Ricardo e Nuno Oliveira «.

“No início da temporada os nossos objetivos eram claros: Esta era a nossa primeira temporada.

Tanto eu como o Nuno apenas tínhamos competido juntos em 2012 no Rali de Famalicão e portanto esta altura era de aprendizagem e evolução. As primeiras provas seriam um pequeno teste para compreender até que ponto a nossa parceria daria frutos num futuro próximo.

O CIN 2014 nem começou da melhor forma, a primeira prova que se disputava em Gondomar (Rali da Lomba) era uma boa oportunidade mas as expectativas acabaram mesmo antes do início da prova com um problema mecânico a não nos permitir alinhar à partida.

A segunda prova seria em Valpaços (Rali Rota do Folar), aqui iríamos partir com a desvantagem de não ter participado ainda em nenhuma prova ou teste. O resultado foi um excelente 4o lugar à geral, somando-se um 2o lugar entre os concorrentes à divisão IX, resultado que viríamos a repetir na 3a prova que se disputou na cidade de Fafe (Rali Montelongo).

Depois dos resultados obtidos nas duas primeiras provas disputadas, concluímos que poderíamos alcançar resultados de relevo na classificação geral se adotasse-mos um ritmo um pouco mais elevado, sempre tentando correr o mínimo de riscos possíveis para não comprometer a restante época. O resultado viria aparecer em Alpendorada (Rali Sprint União) com a nossa primeira vitória na divisão IX e um segundo lugar à geral. Este resultado deixou-nos naturalmente esperançados num bom resultado para a presente época, mas para isso teríamos de continuar a evoluir rapidamente de modo a conseguir acompanhar os pilotos da frente e conseguir terminar as provas nos lugares cimeiros da classificação.

O momento alto do campeonato viria acontecer na prova seguinte com a disputa do Rali em Mesão Frio (Rali Sprint Mesão Frio) com a nossa primeira vitória à geral assim como na divisão IX. Este foi o resultado que impulsionou a classificação a nosso favor. A partir deste momento todos os objetivos delineados inicialmente seriam alterados e passaríamos a competir para alcançar o lugar mais alto do pódio no final do campeonato.

Entravamos na fase final do CIN 2014, faltavam três provas e seriam estas a decidir os títulos.

A seguir a Mesão Frio, seria a cidade de Famalicão (Rali Sprint B.V. Famalicão) a receber a caravana do Inter-Municípios Norte. Numa prova com aproximadamente 130 inscritos entre os quais pilotos oriundos de campeonatos nacionais, previa-se um ritmo de prova relativamente superior. Mesmo assim a obtenção de um 7o lugar à geral e a vitória à divisão IX entre todos

os participantes foi um resultado excelente tendo em conta a concorrência. Para as contas do campeonato terminávamos em 2o lugar da geral e 1o da divisão IX, resultado que nos permitia liderar a tabela pontual do CIN 2014.

A penúltima prova seria em Cabeceiras de Basto (Rali Sprint de Abadim). Aqui poderíamos confirmar a vitória final no campeonato, bastando para isso terminar num lugar do pódio sem que os nossos maiores adversários obtivessem um resultado superior. O 2o lugar à geral e 2o na divisão IX confirmou isso mesmo. Tínhamos acabado de garantir os títulos de campeões na divisão IX e campeões do CIN 2014. Para conseguir vencer em todas as frentes, faltava-nos apenas garantir o título de navegadores para o Nuno Oliveira e isso teria que ser decidido na última prova.

A cidade de Guimarães (Rali Sprint Guimarães) recebia a prova de encerramento da temporada. Infelizmente um grave acidente anteciparia o final da mesma o que não nos permitiu lutar pela vitória à geral no rali. Mesmo com o final antecipado do rali, conseguíamos garantir o título que faltava para assim não só cumprir como superar todos os nossos objetivos e previsões do início da temporada.

 

Na estreia da dupla Ricardo Oliveira e Nuno Oliveira nos campeonatos de ralis (CIN 2014), conseguimos obter a nossa primeira vitória à geral numa prova e garantir os nossos primeiros títulos de campeões.

Agora resta continuar a trabalhar para que a evolução possa continuar e tentar somar mais vitórias nesta modalidade que tanto publico leva de norte a sul do país. Como nota final,agradecemos todo o esforço e empenho de toda a equipa que sempre nos acompanhou e a todos os nossos patrocinadores que sempre acreditaram no nosso trabalho e dedicação.”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *