noticia_184839_img1_11-f1

Portugal apurado para o Mundial2014. Pepsi perde seguidores no Facebook

Na sua página do Facebook, a Pepsi Sueca publicou uma imagem de um boneco de voodoo a representar Cristiano Ronaldo. O boneco tinha as cores da selecção portuguesa e o número 7 na camisola (o número de Cristiano Ronaldo) e a acompanhá-lo podia ler-se a frase: “vamos passar por cima de Portugal”. Foram ainda publicadas outras duas imagens de cariz idêntico.

Portugal garantiu na Terça-feira o apuramento para o Mundial2014, ao vencer a Suécia por 3-2 (4-2 no conjunto das duas mãos) com todos os golos a serem apontados por Ronaldo.

Os tentos suecos foram ‘obra’ de Ibrahimovic, que conseguiu virar o jogo, mas logo Ronaldo, com dois golos seguidos, não deixou margem para dúvidas de que selecção Portuguesa estaria no Brasil.

Num jogo impróprio para cardíacos, Portugal esteve quase sempre por cima no encontro e reagiu bem ao ‘bis’ de Ibrahimovic.

Já depois da vitória da selecção portuguesa, cerca das 23:00 de terça-feira, a página oficial da Pepsi Portugal no Facebook destacava que, sendo o futebol conhecido pela paixão que inspira, “a equipa sueca infelizmente foi mais longe do que devia”.

“Nunca quisemos dar ao desporto ou ao espírito de competição uma conotação negativa. Pedimos desculpa a todos aqueles que se sentiram ofendidos pelos posts – estes foram imediatamente retirados”, diz a marca.

A polémica ganhou nova dimensão, com a partilha de uma imagem em que o boneco de Cristiano Ronaldo aparece atado e prostrado numa linha férrea. A “brincadeira” não foi bem recebida pelos adeptos portugueses, que prometem boicotar a marca em Portugal.

A resposta não se fez esperar, sob diversas formas, nas redes sociais. Várias páginas de boicote à marca foram criadas, sendo que uma delas,”Nunca Mais Vou Beber Pepsi”, já conta com milhares de fãs. Também a página geral da marca foi invadida por comentários negativos e insultos, fenómeno que se repete por praticamente todas as páginas temáticas da Pepsi no Facebook

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *