Notícias Maia

Quase 100 novas empresas criadas durante o mês de janeiro

Partilhas

Desde janeiro de 2013 que não se criavam tantas empresas, num mês, no município da Maia. Há 5 anos foram geradas 93 novas empresas. Em janeiro de 2018 foram constituídas 92 pessoas coletivas e entidades equiparadas.

Atividade económica Constituição de pessoas coletivas e entidades equiparadas Dissolução de pessoas coletivas e entidades equiparadas
Total 92 27
Agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca 0 0
Indústrias extrativas 0 0
Indústrias transformadoras 7 3
Eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio 0 0
Captação, tratamento e distribuição de água; saneamento, gestão de resíduos e despoluição 0 0
Construção 9 2
Comércio por grosso e a retalho; reparação de veículos automóveis e motociclos 18 11
Transportes e armazenagem 8 0
Alojamento, restauração e similares 8 2
Atividades de informação e de comunicação 3 1
Atividades financeiras e de seguros 1 0
Atividades imobiliárias 8 0
Atividades de consultoria, científicas, técnicas e similares 10 3
Atividades administrativas e dos serviços de apoio 6 1
Educação 2 0
Atividades de saúde humana e apoio social 6 3
Atividades artísticas, de espetáculos, desportivas e recreativas 4 0
Outras atividades de serviços 2 1

Os dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que, a nível nacional, este foi o melhor mês, pelo menos, nos últimos dois anos. Em janeiro de 2018 foram constituídas um total de 4912 empresas em Portugal, o que equivale a um crescimento de 10,3% em relação ao primeiro mês do ano passado.

No arranque de 2018 manteve-se assim a “dinâmica de nascimentos” que vinha de 2017, com destaque para o comportamento das atividades imobiliárias e também da construção.

Em sentido inverso, a grande área composta por agricultura, pecuária, pesca e caça “perdeu” 36%, relativamente ao período homólogo.

COMENTE

Partilhas

Newsletter

E-mail
Top