“Sempre pela Maia”

Nas última eleições autárquicas em 2013 o PSD apresentou-se a eleições com o título “Sempre pela Maia”, vencendo-as mais uma vez, capitalizando o atestado de confiança dos Maiatos. Trago esta memória, porque felizmente eu sou sempre pela Maia.

No passado dia 30 de Abril deu-se a primeira Assembleia de Freguesia da Cidade da Maia de 2015, onde fui Deputado e tive no exercício das funções a responsabilidade de apreciar e votar o Relatório de Atividades e Contas de Gerência de 2014. O executivo liderado pela Presidente Olga Freire apresentou um relatório de contas claro e que valida de forma inequívoca o seu primeiro ano de governação. No início do ano de 2014 o executivo tomou a sua mais arriscada deliberação, optando por trazer a gestão do Jardim Zoológico da Maia de volta à esfera patrimonial da Junta de Freguesia da Cidade da Maia, retirando à Cooperzoo estas competências. Esta decisão arrojada revelou-se acertada, e a que melhor defende os interesses da população e da autarquia. Prova disso mesmo foi o aumento das receitas de bilheteira em cerca de 80%,  passando de 340.000 € em 2013 para cerca de 610.000 € em aproximadamente 11 meses de 2014, juntamente com todas as melhorias em infraestruturas, imagem, comunicação e dinamização de eventos. Não menos importante, é de assinalar que apesar de uma pesada herança recebida das anteriores governações, conjuntamente com a nova realidade que a Reforma da Admnistração Local trouxe, a atividade da Freguesia da Cidade da Maia conseguiu uma poupança bruta de 237.211,44€ e uma poupança corrente de 254.494,70€, estando já incluido nas despesas correntes, pagamentos a fornecedores respeitantes a gerências anteriores.

Perante isto, durante a apreciação que se fez aos resultados, mais uma vez se verificou uma total irresponsabilidade do lado da oposição, nas bancadas do PS, MMM, CDU e BE.

Como já vem sido habitual a oposição votou em bloco, e irresponsavelmente contra. Para maior perplexidade, a oposição escolhendo o Bloco de Esquerda como porta voz, e ignorando o evidente sucesso dos números apreciados, fez uma declaração de voto, pedindo a demissão do executivo. É insólito.

A esquerda Maiata está confusa. Repare-se que impediu que a Cidade da Maia recebesse, como acontece desde 1986, 180.000 € referentes aos Acordos de Execução, só porque sim. Não é engano. PS, Independentes do MMM, CDU, e BE perderam o sentido do superior interesse público, e alinharam numa postura política de “terra queimada” amputando o executivo de receber 180.000, na ilusão de que na tentativa de prejudicar o trabalho do executivo, podem provocar a queda do mesmo. Não é por isso de admirar que um Deputado da bancada socialista, já tenha renunciado às suas funções, alegando, entre outras razões, que não se revê na forma de fazer oposição do Partido Socialista.

Felizmente os Maiatos têm sabiamente escolhido desde 1978 quem melhor os governa,  e os resultados disto mesmo são por demais evidentes. É caso para perguntar – o que seria de nós se fossemos governados por aqueles senhores da oposição?

3 comments

  1. Jorge Santos

    Esse artigo é um chorrilho de mentiras encapotadas!!!
    Os “maravilhosos” números apresentados por esse senhor não passam de exercícios de magia de cartola, retirados nada mais nada menos do que da Cooperzoo! A receita da Junta de Freguesia da Cidade da Maia só foi possível a partir do momento em que a Junta passou a deter a gestão do Zoo da Maia, que anteriormente era gerido pela Cooperzoo! Receitas de bilheteira que só aumentaram porque a Junta passou a cobrar o preço de entrada aos residentes da Maia e aumentou os preços dos bilhetes!
    Boa tentativa de enganar os maiatos!!!

    Estes senhores do PSD estão é habituados a não ter uma oposição séria durante décadas! Agora que há oposição na Junta nem sabem para onde se virar! Fazem da Assembleia de Freguesia um trampolim onde se limitam a dar os amens às propostas da Câmara e do Governo sem sequer lerem os documentos!

    Se a sra presidente de Junta tivesse vergonha, demitia-se, porque não é possível governar sem conseguir aprovar um único orçamento!!!

  2. Manuel Teixeira

    Nada disso me surpreende no PS e esquerda na Maia, eu que até vota PS para o governo digo, são ridículos. Resta a vocês jovens fazerem mais pela Maia.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *