Notícias Maia

Silva Tiago tomou posse como “presidente de todos os maiatos”

Partilhas

A tomada de posse dos órgãos municipais decorreu ontem na Câmara Municipal da Maia, num evento que marcou a saída de funções de Luciano da Silva Gomes e de Bragança Fernandes e o início de funções de António Silva Tiago como novo Presidente da autarquia.

Luciano da Silva Gomes cessou funções enquanto presidente da Assembleia Municipal, cargo que assumiu durante sete mandatos, dando posse à nova Assembleia e ao novo Executivo Municipal. António Silva Tiago que liderou a coligação vencedora por maioria absoluta, tomou posse como Presidente da Câmara Municipal da Maia, conjuntamente com os vereadores eleitos, Emília Santos, Ana Miguel Vieira de Carvalho, Mário Nuno Neves, Paulo Ramalho, Marta Peneda, Francisco Vieira de Carvalho, Sandra Vasconcelos, Andrade Ferreira, Jaime Pinho e Sandra Romão.

António Silva Tiago inicia o primeiro discurso enquanto Presidente da Câmara da Maia

“O presidente de todos os munícipes maiatos, de todos sem exceção”

António Silva Tiago no seu primeiro discurso enquanto presidente eleito, começou por afirmar que agora e durante os próximos quatro anos, é “o Presidente de todos os munícipes maiatos, de todos sem exceção”, garantindo que nele todos encontrarão “um maiato amigo, atento, próximo e sempre disponível”, pronto para exercer o cargo que lhe confiando “com responsabilidade e cultura democrática, entusiasmo e sentido do dever, sabendo que poderei contar comigo no Executivo, com um grupo de Colegas vereadores, em cujas qualidades pessoais, sociais, políticas e de lealdade confio inteiramente”.

“Bragança Fernandes deixa legado de estabilidade política e robustez nas contas do Município”

Em relação ao seu antecessor, Silva Tiago referiu que deixa um “legado de estabilidade política, de robustez nas contas do Município, de coesão e desenvolvimento social cuja construção soube liderar ao longo de mais de década e meia em que presidiu aos destinos desta Câmara Municipal”, reafirmando a “relação pessoal e institucional pautada por uma inabalável confiança e lealdade, que cimentaram entre ambos, um respeito, uma estima e uma consideração recíprocas que são pilares de uma inspiradora amizade”. O novo presidente deixou “em nome da Câmara Municipal da Maia”,o seu “reconhecimento público pela generosidade da entrega incondicional, com que serviu e continuará a servir a nossa terra, a nossa Maia”.

“Jovens têm de ser participantes e protagonistas na construção de um futuro que é nosso”

O Presidente da Câmara Municipal afirmou a aposta que desejar fazer na juventude, uma vez os “jovens têm de ser participantes e protagonistas na construção de um futuro que é nosso, mas que é sem dúvida e por maioria de razão, o seu próprio futuro”, “para que isso aconteça, não podemos prescindir da sua inteligência, da sua energia, da sua imaginação criativa e do seu impulso inovador e empreendedor”.

Maia em primeiro lugar em performance de eficiência no planeamento e gestão

Considerando que a Maia se encontra “na primeira linha dos territórios portugueses com melhores performances de eficiência em matéria de planeamento e gestão”, António Silva Tiago lembrou que a “Maia ocupa o primeiro lugar, figurando como o concelho da Área Metropolitana do Porto com maior proporção de empresas em setores de alta tecnologia, com quase o dobro da média apurada nesta região”, segundo o “Retrato territorial de Portugal 2017”, recentemente publicado no INE. Neste sentido de tornar a maia como “um território ainda mais competitivo” apresentando-se “no plano global, com uma marca forte, capaz de se afirmar pelo magnetismo dos seus atributos materiais e imateriais, e concorrer de forma competitiva com territórios de outras geografias, temos de trabalhar para ter sempre a Maia nos lugares cimeiros, em todas as dimensões”.

Sustentabilidade integral é prioridade e Território Digital tem carácter estratégico 

Para Silva Tiago a “aposta na criação do território digital assume um caráter estratégico, na certeza de que uma gestão eficiente requer conhecimento, inovação, acessibilidade facilitada, partilha de informação e participação cívica”, sendo objetivo dotar o município de “ferramentas digitais que irão melhorar a acessibilidade aos serviços do Município e permitirão a partilha de informação, de forma permanente, universal e inclusiva”. A sustentabilidade integral foi assumida pela autarca como estando “no topo das nossas prioridades” enquanto “visão estratégica e integradora para a boa governança do território, que tem por foco principal, as pessoas”.

“Património municipal de habitação social, que será fortemente valorizado”

O novo presidente falou em medidas de “apoio às famílias” que o objetivo de “promover uma qualidade de vida e de bem-estar que as faça gostar de viver na Maia e aqui se sintam felizes”, referindo relativamente à habituação social, que vai prosseguir “com o máximo empenho, a requalificação, já em plena execução, do património municipal de habitação social, que será fortemente valorizado, apetrechando-o de novos equipamentos para fruição pública ao ar livre e melhor enquadramento urbanístico”. Garantiu ainda “apoio às famílias carenciadas, sobretudo as que têm no seu seio, pessoas portadoras de deficiência, com dificuldades de mobilidade ou que padeçam de doenças incapacitantes”.

António Silva Tiago prometeu que se vai dedicar para “ser um líder inspirador e motivador, que valoriza o trabalho, o empenho e a competência”.

No fim da tomada de posse ocorreu ainda a primeira Assembleia Municipal, onde se votou a presidência da Mesa, tendo vencido António Bragança Fernandes.

No próximo sábado, dia 28, pelas 11h00, na Quinta dos Cónegos, realizar-se-á uma sessão de apresentação de cumprimentos ao presidente da Câmara, António Silva Tiago.

COMENTE

Partilhas
Top