1099741

STCP vai passar a ser gerida pela Câmara da Maia a partir de Fevereiro

A gestão da STCP vai passar para a esfera das autarquias. Foi no Palácio da Bolsa que esta segunda feira, foram assinados os contratos que delegam as competências do Estado em 6 Municípios da Área Metropolitana do Porto, sendo estes, Maia, Porto, Gaia, Matosinhos, Valongo e Gondomar.

Este processo de descentralização da gestão dos serviços de transportes públicos, foi defendido pelo Ministro do Ambiente, Matos Fernandes, que afirmou “é tempo de afirmar a aposta nos transportes coletivos”, garantindo que agora o importante “é melhorar o serviço destas empresas”. “Acreditamos nos seus corpos técnicos e nos seus trabalhadores e para que elas funcionem melhor, terão de ser geridas à escala adequada, que no caso dos transportes coletivos rodoviários claramente não é o Estado mas sim as autarquias”, defendeu o governante.

A transferência de gestão assinada esta segunda feira no Palácio Bolsa torna-se efetiva depois do contrato ser aprovado pelo Tribunal de Contas.  Ao contrário do que sucedeu com a Carris de Lisboa, o Estado permanece dono da STCP, mantendo assim o poder de nomear o administrador financeiro. De acordo com o memorando de entendimento o Estado vai ainda dotar a frota da STCP de “200” novos autocarros.

A cerimónia de assinatura do memorando de entendimento, contou com a presença do Primeiro Ministro e com o Ministro do Ambiente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *