Sumol+Compal recebe luz verde para avançar com fábrica em Angola

A nova unidade do grupo português representará um investimento de 22 milhões de euros.

A Sumol+Compal já tem luz verde do governo de Angola para avançar com a construção de uma fábrica naquele país. Sabe-se que o projecto de investimento já tem o aval do presidente José Eduardo dos Santos, sendo que a empresa portuguesa irá investir 22 milhões de euros nesta unidade.

O decreto-presidencial nº 109/13, publicado em Diário da República de Angola, a 28 de Junho último, “aprova o projecto de investimento privado Sumol+Compal Angola, no valor de €22.000.000, sob regime contratual, bem como o contrato de investimento”. O objectivo da empresa é a “construção e exploração de uma fábrica de enchimento de sumos, néctares e refrigerantes, em TetraPak e latas, incluindo a sua distribuição e comercialização a implementar na província do Kwanza-Norte”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *