Raio atinge escola na Maia

Era 9 horas da manhã desta sexta-feira e a maioria das crianças chegava à Escola Básica dos Gestalinhos para o último dia de aulas da semana, quando um raio atingiu o árvore do recreio, cortando a copa.

Viveram-se momentos de pânico e de susto: a seguir a um enorme estrondo, a escola ficou sem luz, os vidros partiram-se e o telhado ficou danificado.

Houve pais que não deixaram os filhos na escola e outros que foram buscar as crianças.

A meio da manhã desta sexta-feira, funcionários da Junta de Freguesia do Castelo da Maia e da Proteção Civil Municipal procediam a trabalhos de limpeza no local. A escola já tinha novamente luz e as aulas decorriam com normalidade.

O raio terá feito estragos, também, em algumas casas da vizinhança.

«Provocou estragos no telhado e partiu vidros. A escola ficou sem luz e teve de ser encerrada», contou à TVI António Dias, da Proteção Civil do Porto.

Os alunos, os pais e os funcionários não ganharam para o susto, mas, apesar do estrondo e da devastação provocada, ninguém ficou ferido.

Com os estragos por reparar e a falta de energia elétrica, a escola fechou portas e as crianças foram obrigadas a ir a casa.

«Neste momento, a EDP está no local a resolver a situação e a proteção civil a limpar as instalações para que volte ao normal funcionamento», acrescentou.

Fonte: tvi24.iol.pt / jn.pt

1 comment

  1. Zeze

    Trovão?! O trovão é o “ruído estrondoso que acompanha a descarga de electricidade atmosférica” – in Dicionário Priberam. A escola foi atingida por barulho? Ena, que drama!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *