Voos da TAP suprimidos no Sá Carneiro eram muito procurados - Notícias Maia

Notícias Maia

Voos da TAP suprimidos no Sá Carneiro eram muito procurados

Partilhas

Segundo uma publicação da Câmara Municipal do Porto,  os voos agora suprimidos pela TAP com partida e destino ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro tinham uma  ocupação média que rondava os 90%. Ao suprimir as quatro ligações anunciadas, a companhia perde 190 mil passageiros e 1867 voos anuais.

Voos de Ida (média 2015)
Bruxelas – 90%
Milão (manhã) – 88%
Milão (tarde) – 95%
Roma – 89%
Barcelona (manhã) – 91%
Barcelona (tarde) – 88%

Voos de Regresso (média 2015)
Bruxelas – 77%
Milão (manhã) – 87%
Milão (tarde) – 86%
Roma – 91%
Barcelona (manhã) – 92%

Só a ligação direta a Bruxelas transportou, em 2015, mais de 53 mil passageiros, em 350 voos e as duas ligações a Milão (manhã e tarde), transportaram outros tantos, em 622 voos, embora em aeronaves mais pequenas. Na ligação a Roma, a TAP transportou mais de 40 mil passageiros, em 240 voos, e a ligação a Barcelona mais de 42 mil, em 655 voos.

A TAP usou nestas ligações, sobretudo, os aparelhos da Portugália, dos modelos Embraer E145 e Fokker 100, que viajaram quase sempre cheios. Mas sempre que usou aparelhos de maior dimensão, da TAP, como o Airbus A319 ou A320, os voos foram também cheios, tendo registado uma ocupação de 100%.

Recorde-se que a companhia aérea portuguesa pretendia “drenar” tráfego para o Aeroporto de Lisboa. O porta-voz da TAP, António Monteiro, disse aos jornalistas, dia 26 de janeiro que a companhia aérea “tem a sua base principal em Lisboa”, uma vez que “é onde há mais tráfego”.

COMENTE

Newsletter

E-mail
Top