Partilhas

Aproximadamente 100 anos depois, o edifício volta a estar ao serviço do combate a uma pandemia.

O edifício da antiga Junta de Freguesia da Maia, junto ao Zoo da Maia, foi construído em 1917 para se tornar numa creche. Mas, antes de o ser, acabou por se tornar num hospital de campanha que acolheu doentes infetados com a Gripe Espanhola.

Cozinca

Já nos nossos tempos, foi o espaço escolhido para sediar o Projeto “Vamos salvar Portugal”, um parceria entre Maia e Valongo que consiste em acompanhar, via telefone, pessoas que tenham testado positivo à covid-19 ou que estejam em isolamento profilático por terem tido um contacto de risco.

Curiosamente, aproximadamente 100 anos depois, o edifício volta a estar ao serviço do combate a uma pandemia. 

A efeméride foi partilhada pelo próprio presidente da Câmara Municipal da Maia aquando da visita ao espaço que acolhe este Projeto “Vamos salvar Portugal” no passado dia 14 de janeiro. Silva Tiago falou aos jornalista e contou que “cerca de 100 Anos depois, o edifício volta a ter um papel importante”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.