Partilhas

Vários artistas, jornalistas e utilizadores das redes sociais, afirmam que “a SIC fez história”, sendo esta uma vitória da “representatividade” e consideram que “um negro a apresentar um noticiário será sempre digno de notícia”.

Cláudio França é jornalista e foi a cara do Jornal da 10 da SIC. O que seria algo considerado como normal, já que todas as edições do programa têm um pivôt, não passou despercebido a várias pessoas que tornaram o tema viral nas redes socias. Porquê? Porque o profissional do jornalismo é “negro” e usa “rastas”.

Convicta

MC Somsen, copyrighter da TVI, com uma legião de fãs nas redes sociais, afirmou que “os haters vão dizer que é irrelevante haver um negro a apresentar um noticiário”, já que “antes tivemos o José Mussuaili, a Alberta Marques Fernandes ou a Conceição Queiroz”. Mas para MC Somsen, “num país onde os negros fazem as notícias e raramente fazem o noticiário, um negro a apresentar um noticiário será sempre digno de notícia”.

Carolina Deslandes aproveitou, como habitualmente o faz, a sua conta no Instagram para escrever que “este dia em que um negro de rastas é posto como apresentador de um jornal, é mais do que um passo para a inclusão, para a representatividade. É quebrar esse tecto dos sonhos, é deixar uma comunidade acreditar que pode finalmente ser tudo. Estou muito feliz e muito orgulhosa da SIC. Cláudio, parabéns!”.

Também Ana Gomes, candidata a Presidente da República, aproveitou o Twitter para assinalar o facto.

Mariama Barbosa, apresentadora da SIC Caras, comentou a estreia do jornalista, sublinhando que “nunca em toda a minha vida tinha visto um negro de rastas em frente a um ecrã a apresentar as notícias”. A comentadora de moda afirmou ainda que este “é um pequeno passo para o canal e um grande passo para a Comunidade Negra”.

Já um dos elementos da Informação do canal de Pinto Balsemão, afirmou ao Diário de Notícias que “esta escolha não é proclamatória, não é nenhuma bandeira. O Cláudio começou no horário onde todos começam, das sete às dez da manhã de fins de semana e por ser um mais resguardado”.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.