Histórico presidente da Câmara Municipal da Maia faleceu a 1 de junho de 2002

O histórico presidente da Câmara da Maia, José Vieira de Carvalho, faleceu a 1 de junho de 2002, aos 64 anos, vítima de um problema cardíaco.

DS Crédito

Vieira de Carvalho nasceu na freguesia de Moreira, em abril de 1938, tendo presidido o município quase ininterruptamente ao longo de três décadas. Como autarca, conseguiu transformar a Maia, um concelho predominantemente rural, numa das mais importantes zonas industriais do pais.

Vieira de Carvalho licenciou-se em Histórico-Filosóficas na Universidade Clássica de Lisboa, tendo lecionado durante vários anos na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde regeu as cadeiras de História da Cultura Portuguesa, História Moderna e Contemporânea e História Moderna de Portugal.

Entrou na vida política em 1970, quando foi nomeado presidente da Câmara da Maia, cargo que exerceu até 1974 e para o qual foi depois eleito em 1979, nas primeiras eleições autárquicas realizadas após o 25 de Abril. Posteriormente, como candidato do CDS, do PSD ou dos dois partidos em coligação, Vieira de Carvalho foi sucessivamente reeleito, o que lhe valeu a inclusão no lote das mais importantes referências da política autárquica nacional.

De 1973 a 1974 foi deputado à então Assembleia Nacional, tendo sido detido em 1975 na sequência do golpe de estado de 11 de Março. Foi libertado após o 25 de Novembro do mesmo ano.

Foi ainda deputado da Assembleia da República entre 1979 e 1995. Entre 1979 e 1980 foi eleito pela Aliança Democrática, em 1983 e 1985 foi eleito nas listas do CDS (partido de que foi secretário-geral e vice-presidente), e nas eleições de 1991 e 1995 integrou as listas do PSD. Mesmo assim, acabou por nunca assumir o cargo, tendo sempre optado pela Maia.

Entre 1998 e janeiro de 2002 foi presidente da Junta Metropolitana do Porto e presidia ainda ao Conselho da Região do Norte e ao Conselho de Administração da Empresa do Metro do Porto.

Antes das eleições presidenciais de janeiro de 2001, o nome de Vieira de Carvalho chegou a ser falado enquanto candidato do PSD, tendo o partido acabado por escolher Ferreira do Amaral, tendo este sido derrotado por Jorge Sampaio.

Vieira de Carvalho foi ainda presidente do Futebol Clube da Maia, da Associação de Futebol do Porto e da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol.

Em 2003, no primeiro aniversário do seu falecimento, foi descerrada a placa toponímica da Praça José Vieira de Carvalho e inaugurada uma escultura em bronze à escala humana que perpetua o autarca, da autoria do escultor Pedro Cabrita Reis.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.