A vereadora da Saúde, Ciência e Educação deixou uma mensagem de agradecimento a todos os profissionais e voluntários que garantiram o funcionamento destes centros.

Os dois Centros de Acolhimento Covid-19 da Maia deverão ser desativados no final de junho. A informação relativa à data prevista para a desativação dos centros foi partilhada nas redes sociais pela vereadora da Saúde, Ciência e Educação, Emília Santos, no passado domingo.

DS Crédito

A agora vice-presidente da Câmara Municipal da Maia fez uma publicação no facebook que intitulou de “Desativação dos Centros de Acolhimento Covid-19 da Maia prevista para o final de Junho” e onde afirma que a “última utente terá alta clínica esta semana, confirmando-se negativo o contra-teste à Covid-19″.

“O importante a salvaguardar é que, como comunidade, nos encontremos unidos em torno à atualização dos valores humanos essenciais e capazes de lutar por eles” – Emília Santos entende que este é o “momento de agradecer e reconhecer o espírito de equipa e de missão dos profissionais e, muito em particular dos voluntários alocados a estas estruturas”.

“Quero, por isso, louvar TODOS os profissionais, voluntários, estudantes, instituições, associações, empresas, amigos e anónimos que abraçaram estas estruturas de missão com coragem, entrega, espírito solidário e humanitário, que todos os dias cuidaram dos utentes, sem nunca deixar uma palavra de incentivo a um ou outro colega mais cansado”, continuou a vereadora.

Emília Santos agradeceu ainda ao vereador Mário Nuno Neves “com quem tive o privilégio de trabalhar”, terminando com a afirmação de que “conseguimos servir a população e honrar o compromisso que assumimos desde o início“.

Exclusivo: Emília Santos assume a vice-presidência da Câmara Municipal

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.