O primeiro curso de medicina numa faculdade privada portuguesa vai custar quase 17 mil euros por ano em propinas.

A Universidade Católica arranca em setembro com o curso de medicina, que vai custar quase 17 mil euros por ano em propinas. A formação dura seis anos e o custo total ronda os 100 mil euros, avança o Público.

Cozinca

Fazer o curso de Medicina numa das sete faculdades públicas custa cerca de 4200 euros – um valor que corresponde a menos de três meses de propinas no novo curso da Católica.

Este é o primeiro curso de medicina a ser lecionado numa faculdade privada portuguesa e as candidaturas estão abertas apenas até ao final deste mês de maio.

Os 50 alunos que ingressarem em medicina na Universidade Católica em setembro vão pagar 1.625 euros em propinas. Um valor que, segundo a universidade, corresponde ao custo real da formação. Há no entanto espaço para atribuição de bolsas de estudo.

As dez mensalidades a cada ano perfazem 16.250 euros distribuídos pelos seis anos de formação com mestrado integrado, o equivalente a um total de 97.500. A este valor acresce 1.500 euros de inscrição no curso.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.