Partilhas

Há reduções entre os 25% e os 55% dependendo da classe do veículo e a hora de circulação.

A partir desta segunda-feira, dia 11 de janeiro, entram em vigor os descontos nas portagens das antigas SCUT, a saber: “A4 – Sendim/Águas Santas, A4 – Túnel do Marão, A4 – Vila Real-Bragança (Quintanilha), A13 – Atalaia (A23)/Coimbra Sul, A13-1, A17 – Mira/Aveiro Nascente (IP5), A22, A23, A24, A25, A28, A29, A41 – Freixieiro/Ermida (IC 25) e A42”, segundo informação do Conselho de Ministros.

Cozinca

A proposta do PSD, aprovada em outubro, materaliza-se assim com descontos nas portagens nas autoestradas sem custos para os utilizadores.

“Este pacote de descontos teve em conta a sustentabilidade orçamental necessária para o Governo continuar a reduzir, de forma progressiva, as portagens no Interior do país”, segundo nota do governo enviada às redações.

Os veículos de classe 1 e 2 tem o valor diminuído em 25%, mas só a partir do oitavo dia de utilização por mês, e devem ter as viaturas equipadas com um dispositivo eletrónico, como o da Via Verde. Estes desconto aplica-se na A22 – Algarve; A23 – IP; A23 – Beira Interior; A24 – Interior Norte; A25 – Beiras Litoral e Alta; A28 – Norte Litoral; A4 – Subconcessão AE transmontana; A4 – Túnel do Marão; A13 e A13-1 – Subconcessão do Pinhal Interior.

Já os veículos de classe 2, 3 e 4 que fazem transporte de mercadorias vão ver aumentado o desconto já existente, para 35% durante o da e 55% durante a noite, sendo que este último abrange igualmente os fins de semana e feriados.

Pela primeira vez o transporte de passageiros vê uma diminuição do valor das antigas SCUT. Os veículos de classe 2, 3 e 4 que transportam por conta de outrem ou são transportes públicos, têm os mesmo descontos das viaturas que transportam mercadorias, juntando a Concessão do Grande Porto (A4, A41 e A42) e Concessões Costa da Prata (A17, A25 e A29).

O NOTÍCIAS MAIA disponibiliza-lhe um manual sobre estes descontos, com exemplos práticos, elaborado pelo Governo: manual-descontos-portagens

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.