A sede da associação transfronteiriça está agora no edifício da Junta de Freguesia de Águas Santas.

A nova sede do Eixo Atlântico em Portugal foi inaugurada esta quinta-feira, 27 de maio. A associação transfronteiriça, com sede anteriormente localizada no Porto, passa a estar sediada no edifício da Junta de Freguesia de Águas Santas, na Maia.

Cozinca

O evento contou com a presença de Isabel Ferreira, secretária de Estado da Valorização do Interior, de Ricardo Rio, presidente da comissão executiva do Eixo Atlântico e do presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, e do presidente da Junta de Freguesia de Águas Santas, Miguel dos Santos.

Segundo afirma o município da Maia, todos os presentes terão sublinhado a qualidade do edifício e da sua envolvência, com destaque para a localização estratégica que mantém no seio da área metropolitana do Porto.

Isabel Ferreira afirmou que a inauguração da nova sede “marca o início de uma nova fase da implantação do Eixo Atlântico em Portugal, perspetivando uma nova fase da cooperação transfronteiriça entre esta região do norte de Portugal e a Galiza”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, sublinhou que “a acomodação do espaço que aqui disponibilizamos é expressão da nossa forma de entender e pôr em prática a cooperação institucional que defendemos”.

Cooperação essa que passa por “um entendimento político que compagina com a nossa visão estratégica de futuro, diante um Mundo cada vez mais interdependente, onde todos somos responsáveis por todos e onde tudo diz respeito a cada um de nós e à Humanidade inteira. Num Mundo onde já não há, não pode haver, lugar para os egoísmos nacionais ou regionais e onde a cooperação, já não é apenas uma opção, mas o caminho”, declarou Silva Tiago nesta cerimónia de inauguração.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.