Quem se inscreveu para votar de forma antecipada, mas não o conseguiu fazer, pode votar no próximo domingo, dia 24.

O voto antecipado em mobilidade para as eleições presidenciais é possível desde as 08.00h deste domingo e foi a opção de muitos eleitores, tendo causado filas em vários pontos do país. Quem não conseguir votar hoje, mesmo que tal se deva a ter desistido de esperar na fila, pode fazê-lo no próximo domingo, dia 24 de janeiro, sem precisar de apresentar qualquer justificação.

Cozinca

No total, estavam inscritos 246.880 eleitores, um número recorde. Lisboa é o concelho com mais inscritos, 33.364, seguido do Porto, com 13.280, e Coimbra, com 9.201, de acordo com o mapa divulgado pelo Ministério da Administração Interna. Na Maia, estão inscritos 4322 eleitores para exercer o seu direito de voto de forma antecipada, na Escola Básica D. Manuel II, na Cidade da Maia. Deve recordar que e aconselhável levar a sua própria caneta e que a máscara é obrigatória.

O voto antecipado em mobilidade tinha como objetivo evitar grandes concentrações de pessoas, devido à epidemia da Covid-19.

A campanha eleitoral termina em 22 de janeiro e há sete candidatos: Marisa Matias, Marcelo Rebelo de Sousa, Tiago Mayan Gonçalves, André Ventura, Vitorino Silva, João Ferreira e Ana Gomes.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.