Foi o próprio vereador da Câmara da Maia eleito pelo JPP, Francisco Vieira de Carvalho, a admitir em tribunal que fez lóbi para ganhar concursos, avança o Correio da Manhã.

O vereador da Câmara Municipal da Maia, Francisco Vieira de Carvalho, assumiu em tribunal que fez lóbi junto de várias entidades, para que uma empresa à qual prestava serviços de consultadoria fosse adjudicada para empreitadas, algumas através de concursos públicos, revela a edição de hoje do Correio da Manhã.

Cozinca

Os juízes do Tribunal do Porto consideram, em acórdão, que a descrição da sua atividade na angariação de algumas obras “revelou mesmo arrojo, dada a proximidade da atuação alegadamente em causa com o tráfico de influência”. Já o cliente da consultora de Vieira de Carvalho falou em “lóbi positivo”, dado que usava “os contactos sociais e políticos” para conseguir as obras, lê-se na decisão, proferida no final do ano passado e citada pelo mesmo jornal.

Uma das empresas da qual Francisco Vieira de Carvalho é administrador, a Yorkdream Consulting, deu entrada com uma ação em tribunal contra a empresa de construção civil Lucios (Lúcio da Silva Azevedo & Filhos) a pedir o pagamento de mais de 360 mil euros. Este valor seria referente a serviços prestados entre 2012 e 2015, fruto dos quais a construtora terá ganho várias obras. O tribunal acabou por julgar a ação parcialmente provada e procedente, mas, no acerto de contas entre as duas entidades, condenado a empresa do vereador da Câmara da Maia, ao pagamento de 3442 euros, acrescidos de juros.

Entretanto, não conformado com a decisão do tribunal, Francisco Vieira de Carvalho já recorreu da decisão para o Tribunal da Relação do Porto, de acordo com o já citado jornal.

“Não era uma grande empresa à data e muitas vezes não tinha sequer convite para concorrer à obra. O lóbi positivo era dar a conhecer a empresa às entidades com quem já tínhamos relações”, explicou Francisco Vieira de Carvalho ao Correio da Manhã, que acrescenta que a a relação com a empresa “de amigos de infância” sempre foi boa até ao incumprimento, verificado em 2015.

O NOTÍCIAS MAIA ainda não conseguiu entrar em contacto com o vereador eleito pela coligação PS/JPP.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.