Crimes ocorriam desde 2015

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de crimes de abuso sexual de criança, ocorridos desde o ano de 2015, em Matosinhos.

Cozinca

O arguido, vizinho e amigo da família da vítima, aproveitou-se da confiança que nele depositavam para se aproximar da menor e com ela habitualmente conviver em diversos locais.

Paulatinamente, sabendo das dificuldades económicas do agregado familiar da vítima, foi convencendo a menor, de apenas 11 anos de idade, a sujeitar-se a diversas práticas sexuais, a troco de dinheiro, guloseimas e outros bens de consumo.

Os abusos apenas foram revelados pelo facto de, no passado fim de semana, arguido e vítima terem sido surpreendidos sozinhos num parque infantil próximo das suas residências, pelos pais de uma sua amiga, em atos de natureza sexual.

O detido, com 62 anos de idade, aposentado, sem antecedentes criminais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.