Partilhas

Paula Sá explicou ao NOTÍCIAS MAIA que, para cuidar da sua mãe, não poderia continuar à frente da associação. Com esta decisão, os voluntários concluíram que o melhor seria colocar um ponto final no projeto.

Paula Sá criou a Jafetos em 2016 juntamente com 25 voluntários. Agora, cinco anos depois, a história desta associação solidária maiata chega ao fim.

Cozinca

Durante o tempo que existiu, a Jafetos apoiou o estudo de jovens que, na maioria dos casos, não teriam a possibilidade de frequentar uma sala deste tipo. Recorde aqui a reportagem do NOTÍCIAS MAIA à Jafetos em abril de 2020.

Agora, em 2021, cinco anos depois da sua criação, a Jafetos deixa de existir.

Ao NOTÍCIAS MAIA, Paula Sá, presidente, explica que decidiu afastar-se para cuidar da sua mãe, que vive sozinha e precisa de cuidados regulares. Apesar de voluntária, Paula Sá dedicava muitas horas por dia a este projeto e, pela exigência de horários que esta Associação necessitava, não poderia continuar no comando.

Como nenhum dos voluntários tinha a disponibilidade necessária para manter as atividades, juntamente com o núcleo fundador, foi decidido “por unanimidade” o fim da associação.

Paula Sá conta que já fizeram a escritura pública mas que, para ela, ainda é difícil “assumir que acabou.

Apesar da dificuldade em encerrar aquele que foi um projeto muito importante na sua vida, Paula Sá explica que, por causa do covid-19, “estávamos há dois anos quase sem fazer nada”. Um fator que tornou mais fácil este fim e que foi “desligando” a associação da comunidade.

“Sei que houve gente que ficou triste mas a decisão foi de todos os que fundaram a Jafetos. Foi unânime”, termina a responsável.

Leia de seguida a carta aberta deixada por Paula Sá a todos os amigos desta associação solidária:

“Extinta a Jafetos – Associação de Jovens Voluntários da Maia. É com um aperto no coração que informo a extinção da Jafetos, mas, com a consciência de que enquanto existimos, tudo fizemos para melhorar a vida daqueles com quem cruzamos. Hoje sei o quanto foi desafiante a minha entrega a esta causa, o quanto foi importante a entrega dos jovens que constituíram a Jafetos. Há cinco anos atrás, ousamos sonhar um projeto… a Jafetos, agora é tempo de novos voos, de novos horizontes, de outros sonhos. Hoje, apesar de triste, sei que deixamos uma marca na Maia, a marca do amor, do afeto, do carinho, a marca de uma entrega alucinada, de uma entrega total. Passaria o dia inteiro a agradecer a todos e todas que de alguma forma fizeram história connosco, contudo deixem-me dizer somente obrigada Maia, obrigada jovens, obrigada Câmara Municipal da Maia, obrigada Fórum Jovem da Maia, obrigada voluntários, todos juntos fizemos crescer a Jafetos, todos juntos fizemos história. Uma história de contar aos nossos, uma história vivida no dia a dia, na azáfama característica de um dia de partilha. Uma história de amor que termina hoje, mas será memória nos nossos corações. Jafetos obrigada, eternamente agradecida”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.