Município juntou-se ao lançamento, “empenhado na promoção de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável”.

Com letra e música de Pedro Abrunhosa, “Todos por um” é um apelo urgente à necessidade de nos unirmos em prol do alcance das metas estabelecidas para cada um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas até 2030. Trata-se de um desafio lançado ao compositor e cantor português, Pedro Abrunhosa, pela campanha Rumo a 2030, que está empenhada em contribuir com ações concretas para o sucesso da Agenda 2030. Esta campanha é implementada em Portugal pelo Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) e pelos membros da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD), da qual o Município da Maia faz parte e é financiada pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Cozinca

Lançada no Dia Mundial da Justiça Social, a música “Todos por um” pretende incentivar à ação e à mobilização em prol de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável, apostando no poder de transformação social que a música tem. É também uma forma de contribuir para o conhecimento dos cidadãos sobre a importância da ação local para a concretização dos ODS, motivando-os a agir em prol do Desenvolvimento Global.

Até 2030 ainda há um longo caminho a percorrer. De acordo com o Relatório “Progress towards the Sustainable Development Goals”, em relação ao ODS 1 – Erradicar a Fome, mesmo antes da pandemia de Covid-19, o ritmo de redução da pobreza global estava a desacelerar e projetava-se que o objetivo global de acabar com a pobreza até 2030 não seria atingido. A pandemia está a empurrar dezenas de milhões de pessoas de volta à pobreza extrema, desfazendo anos de progresso. Embora a pandemia tenha salientado a necessidade de reforçar a proteção social e a preparação e resposta a emergências, estas medidas são insuficientes para salvaguardar os pobres e vulneráveis, que mais necessitam delas.

A Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas resulta de um trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo para criar um modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos e todas, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas. Esta Agenda integra 17 Objetivos alicerçados em 169 metas que são os passos identificados para a garantia de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável.

Da erradicação da pobreza e da fome à igualdade de género e saúde de qualidade, da água potável e saneamento ao trabalho digno e crescimento económico, da redução das desigualdades à educação de qualidade, das energias renováveis à ação climática, esta Agenda reflete o equilíbrio entre 5 Princípios: Pessoas, Planeta, Paz, Parcerias e Prosperidade que se apresentam como pilares desta estratégia “glocal”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.