O objetivo deste ecocentro é recolher objetos como CD’s, DVD’s, pequenos equipamentos elétricos e eletrónicos, lâmpadas Led e fluorescentes, pilhas e baterias, tinteiros e rolhas de cortiça.

Durante o mês de janeiro vai circular na Maia um ecocentro móvel. Uma iniciativa da LIPOR e dos municípios associados, dos quais a Maia se inclui, e que tem como objetivo recolher “vários tipos de resíduos que vamos acumulando, ou porque não podemos colocar nos ecopontos ou porque não nos é conveniente passar no ecocentro”.

Cozinca

A pensar nisso e para evitar que o destino desses objetos seja o lixo, descartando “a possibilidade desses materiais serem valorizados e gerarem uma nova vida”, a LIPOR vai disponibilizar ecocentros móveis para que os cidadãos possam desfazer-se desses objetos.

Nos ecocentros móveis, poderão ser entregues para reciclar: “CD’s e DVD’s, Pequenos Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, Embalagens e Latas com restos de produto (verniz, tinta, solventes, produtos de limpeza), Lâmpadas Led e Fluorescentes, Papel não embalagem (jornais, revistas, livros e folhas), Pilhas e Baterias, Tinteiros e Tonners e Rolhas de Cortiça”.

Sobre os locais por onde passará este ecocentro móvel, a LIPOR informa que cabe a cada município comunicar esse trajeto e paragens.

No caso da Maia, não há ainda nenhuma informação divulgada nesse sentido.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.