O homem foi constituído arguido pelos crimes de violência doméstica, ameaças e extorsão à namorada, de 26 anos, de Arcos de Valdevez.

O caso foi divulgado esta quarta-feira pelo Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo e dá conta de uma alegada chantagem por parte de um homem de 31 anos, da Maia, à sua namorada, de 26 anos, residente em Arcos de Valdevez. O objeto da chantagem seria um vídeo sexual de ambos, filmado sem o consentimento da mulher.

Cozinca

A vítima apresentou queixa no posto da GNR de Arcos de Valdevez e a força policial estava a investigar este caso há já dois meses. Inicialmente, por suspeita da prática de crimes de violência doméstica.

No decurso da operação, os militares detetaram a prática dos crimes de ameaças e extorsão. Numa nota partilhada pela GNR, pode ler-se que “durante um encontro íntimo e sem o consentimento da mulher, o homem efetuou gravações ilícitas dos atos sexuais, que depois utilizou para extorquir quantias de dinheiro”.  “O homem ameaçava divulgar o vídeo caso a vítima não lhe comprasse roupas e acessórios e não lhe desse as quantias de dinheiro que lhe pedia”, acrescenta a GNR.

No decurso da investigação, os militares deram cumprimento a dois mandados de busca, um à residência do suspeito e outro ao seu veículo, tendo sido apreendidos três telemóveis, um computador e 260 euros.

Este homem, residente na Maia, foi agora constituído arguido pelos crimes de violência doméstica, ameaças e extorsão à namorada e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Arcos de Valdevez.

A ação contou com o reforço do posto territorial de São Julião e Freixo e com o apoio da PSP da Maia.

Covid-19: onze dias sem novos casos na Maia

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.