O artista foi escolhido como autor e decidiu interpretar ele mesmo o seu tema a concurso no Festival da Canção 2021.

“Não Vou Ficar” é canção composta pelo maiato Pedro Gonçalves para lutar por um lugar na final do RTP Festival da Canção 2021 e, quem sabe, ser o tema a representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção 2021.

Cozinca

Depois de ter sido um dos 20 autores escolhidos para compor uma canção para o Festival, o artista optou por ser ele mesmo a interpretar o seu tema. A canção, com letra e música do jovem maiato, foi apresentada no passado dia 20 de janeiro, intitula-se “Não Vou Ficar” e pode ser ouvida aqui.

O modelo do concurso, organizado pela RTP, será igual ao dos anos anteriores, com duas meias-finais (nos dias 20 e 27 de fevereiro) e uma final, a 6 de Março. “Não Vou Ficar” faz parte do alinhamento da 2ª semifinal do Festival da Canção 2021. 

Escolhido entre quase 700 autores

Para esta edição do Festival da Canção, a RTP convidou 18 autores e reservou dois lugares para artistas que quisessem submeter as suas canções e fazer parte deste conjunto de autores.

Entre 693 livres submissões, o maiato Pedro Gonçalves foi um dos escolhidos pelo conjunto de jurados. Com esta escolha, o artista de 23 anos conquistou a oportunidade de apresentar um tema da sua autoria e candidata-se assim a ser o representante de Portugal no próximo Festival Eurovisão da Canção.

Em declaração ao NOTÍCIAS MAIA, Pedro Gonçalves afirmou que “é fantástico poder voltar” e que “já é uma vitória ter sido escolhido em quase 700 canções”. O maiato garante que “é um sonho poder agora partilhar o meu trabalho como compositor na maior celebração da música portuguesa” e que ficou “nas nuvens” quando soube que teria sido um dos escolhidos.

“Estou ansioso para poder mostrar este outro lado que não mostrei em 2017, quando concorri como intérprete. Um lado que só quem me segue e segue o meu trabalho, conhece. Apesar da música fantástica do João Pedro Coimbra, é sempre diferente podermos levar a nossa arte, as nossas emoções e tornar a atuação ainda mais sincera”, concluiu.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.