A atual presidente da Junta de Freguesia de Milheirós anunciou que não se revê “nas divisões internas e nas posições da coligação PS/JPP, que votou contra muitas das obras feitas” e que será recandidata com o apoio do PSD/CDS, apoiando ainda António Silva Tiago para a Câmara Municipal da Maia.

Maria José Castro Neves, presidente da Junta de Freguesia de Milheirós eleita pela coligação PS/JPP, bateu com a porta e abandonou a coligação “Um Novo Começo”. Em carta enviada aos milheiroenses, declara que não se revê “nas divisões internas e nas posições da coligação PS/JPP, que votou contra muitas das obras feitas” na freguesia. A autarca revela ainda que as obras feitas em Milheirós “só foram possíveis face à excelente cooperação entre a Junta de Milheirós e a Câmara Municipal da Maia”.

Newsletter

“Tendo sido eleita como independente, votei e votarei sempre a favor dos Milheiroenses, independentemente de questões partidárias. Por isso, não posso rever-me nas divisões internas e nas posições da coligação PS/JPP, que votou contra muitas das obras feitas na nossa freguesia”, sublinhou a autarca eleita em 2017.

“Para mim, Milheirós está primeiro”, sublinhando que a cooperação entre a Freguesia de Milheirós e a Câmara Municipal é benéfica e crucial para a continuação do trabalho iniciado há quatro anos: “O ciclo iniciado em 2017 está em curso, e quero continuá-lo. Por isso, sou candidata às próximas eleições autárquicas. Com a nossa equipa, quero continuar o trabalho iniciado, com independência e obra feita. A recuperação da pandemia é uma oportunidade única de desenvolvimento. Para aproveitá-la, a excelente cooperação entre a nossa Junta de Freguesia e a Câmara Municipal tem de continuar”.

Maria José revelou ainda que conta com o apoio da coligação PSD/CDS e que vai apoiar o projeto de António Silva Tiago para a Câmara da Maia: “Serei apoiada pela coligação PSD/CDS e apoiarei o projeto do nosso Presidente da Câmara, o Eng.º António Silva Tiago”.

Adiantou ainda obra que pretende realizar no futuro, que inclui “um novo Centro de Saúde a Milheirós”, “novas habitações sociais na freguesia”, “um Centro de Excelência e Bem-Estar Animal” e ainda a construção “do Corredor Verde do Leça”.

No início da missiva dirigida aos habitantes da freguesia, a recandidata afirmou que “este foi um mandato de mudança”, e que “apesar da crise sanitária e económica, conseguimos resolver problemas crónicos e melhorar a freguesia. Pagámos a elevada dívida do edifício da Junta. Alargámos a Rua das Escolas. Resolvemos os problemas de estacionamento e circulação pedonal nas Ruas 5 de Outubro e General Humberto Delgado. Avançámos com o prometido coberto da Escola EB1 Monte das Cruzes e com o Parque Fluvial de Alvura”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.