O coordenador do Bloco de Esquerda, ou melhor dizendo, um dos coordenadores do Bloco de Esquerda, veio hoje a público propor a negociação de entre os partidos da esquerda das bases para um programa de governo.

Nonna Vespa

Assim sendo, à mesma mesa, a esquerda radical e a esquerda moderada, a esquerda que rejeita o Memorando de Entendimento com a Troika e a esquerda que o assinou (de tão bem que governou).

Um entendimento entre o Bloco de Esquerda e o PCP até consigo compreender. Agora com o Parido Socialista, que apesar de ser um partido de esquerda a única coisa que tem em comum com o BE é a liderança a dois (Sócrates/Seguro), já não me parece.

Recordo apenas que no actual quadro legislativo os partidos da direita parlamentar têm 132 deputados (108 do PSD e 24 do CDS), contra 98 deputados dos partidos da esquerda (74 do PS, 16 do PCP/PEV e 8 do BE).

Posto isto o que leva o BE e a esquerda em geral a julgar ser uma alternativa de governo?

Que medo, João Semedo!

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.