Saiba quais foram as notícias maia lidas de agosto e as que mais chamaram o interesse dos maiatos.

O NOTÍCIAS MAIA está presente em várias plataformas e, por esse motivo, mostramos mensalmente quais as notícias que mais impacto tiveram em cada uma delas. Saiba aqui quais foram as mais visitadas, as que mais reações receberam e qual a mais popular no Instagam.

Cozinca

Facebook

Cerca mais de 125 mil pessoas alcançadas e praticamente 7 mil interações no Facebook, na publicação que revela que a Adidas tem novas instalações no Tecmaia.

  • facebook.com/noticiasmaia – 125 751 Pessoas alcançadas e 6 898 Interações

Website

  • A notícia de que os croissants da Mixpão chegaram à Maia deixou 30 mil leitores com água na boca.
  • www.noticiasmaia.com – 29 468 visualizações

Instagram

  • Uma forte explosão abalou Beirute, a capital do Líbano. No Instagram foram 296 pessoas a reagir.
  • instagram.com/noticiasmaia – 296 gostos

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.