Os animais estão prestes a ser considerados seres sencientes pelo Reino Unido, tendo sido proposto pelo governo um conjunto de medidas que prevê a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus de caça.

No Reino Unido os animais estão prestes a ser formalmente considerados seres sencientes pela lei. O Governo britânico propôs ainda neste mês junho um conjunto de medidas que prevê a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus de caça.

Cozinca

Esta que é uma vitória para os ativistas da causa animal, permite que pela primeira vez naquele país os animais sejam reconhecidos como seres com sentimentos, dor e sofrimento.

Os projetos de lei britânicos estendem-se a animais da agricultura e de estimação e incluem a proibição de exportação de marfim, de barbatanas de tubarão e talvez do foie gras.

Medidas como o microchip de gatos e a proibição de manter primatas como animais de estimação já estão a ser preparadas há vários anos e outras são objeto de campanhas há décadas, como é o caso da restrição das exportações de animais vivos.

A abolição de coleiras que dão choques elétricos para treinar os animais de estimação e a criminalização do contrabando de cães bebés são também medidas do plano de ação para o bem-estar animal.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.