Partilhas

Os dois autarcas abordaram assuntos “comuns aos dois municípios”, num almoço nos Jardins do Palácio de Cristal.

A Casa do Roseiral, nos Jardins do Palácio de Cristal, foi o local escolhido por Rui Moreira para um almoço cujo convidado foi o presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago.

Cozinca

De acordo com a informação divulgada pela Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira trocou impressões com Silva Tiago “relativamente a assuntos comuns aos dois municípios da Área Metropolitana do Porto, como a mobilidade”.

Câmara do Porto aprova recomendação para proibir pesados na VCI

O executivo liderado por Rui Moreira aprovou na passada segunda-feira uma recomendação ao Governo para que seja imediatamente proibido o tráfego de pesados na Via de Cintura Interna (VCI), isentando os mesmos de portagens na A41 (Circular Regional Externa do Porto – CREP).

No documento o município refere que, com as empreitadas de expansão da rede de metro, se antecipa um agravamento significativo do cenário actual na aquela via que, por si só, é já negativo e penalizador para a cidade do Porto.

Silva Tiago culpa as portagens na A41 pelo congestionamento da Via Norte

O presidente da Câmara Municipal da Maia, assinou recentemente no Jornal de Notícias, um artigo de opinião no qual afirma que a “utilidade da Via Norte perdeu o sentido”.

Num breve texto, o edil alerta que “o estrangulamento da Via Norte é, hoje, um gravíssimo problema com impactos ambientais e económicos difíceis de calcular” e afirma que “é justo e urgente” retirar as portagens da A41 para “desanuviar o trânsito na Via Norte”.

O autarca lembrou ainda que “a Via Norte e a própria VCI, em conjunto com a A28, permanecem como as únicas vias com perfil de autoestrada do sistema viário da Área Metropolitana a norte do rio Douro que não são portajadas, o que explica a enorme sobrecarga de trânsito que as entope e aumenta o seu risco de sinistralidade”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.