A task-force da vacinação anunciou ainda que está pronta para vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos nos dois fins de semana de agosto seguintes, mas ainda falta a autorização da DGS.

A vacinação dos jovens entre os 16 e os 18 anos vai arrancar no fim de semana de 14 de agosto, anunciou esta terça-feira, 27 de agosto, o vice-almirante Gouveia e Melo.

Cozinca

Quanto às crianças entre os 12 e os 15 anos, a task-force da vacinação está pronta a começar a vaciná-las nos dois fins de semana de agosto seguintes, mas ainda falta a autorização da DGS.

O vice-almirante destacou que esta faixa etária abrange 1,5 milhões de pessoas e que, portanto, seria importante poder vacinar estas crianças, até a pensar na reabertura do ano letivo. O responsável pela task force da vacinação acrescentou ainda que pediu à DGS para “encurtar” o intervalo da primeira para a segunda dose.

“Houve uma maior disponibilidade de vacinas em julho e haveria uma menor disponibilidade em agosto, não fossem as negociações conduzidas com sucesso para aquisição de vacinas da Janssen e Pfizer junto de parceiros europeus.”

Gouveia e Melo anunciou também que o “esforço” do Infarmed e do Ministério da Saúde vai possibilitar a aquisição de cerca de um milhão de vacinas junto de outros parceiros europeus, o que vai permitir continuar a seguir o plano de vacinação em agosto.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.