Partilhas

“Querem resolver coisa a bem ou o que querem fazer? Querem resolver a coisa a bem ou vou ter de matar todos?” Já depois, garantiu que caso tivesse de regressar, iria entrar com “uma granada em cada mão” e depois “fechar a porta”.

Jorge Ferreira Dias é um cidadão bem conhecido de Abrantes. A autarquia acusou o empresário de se apoderar ardilosamente de um terreno, mas os tribunais, já por duas vezes, condenaram a Câmara Municipal.
O tribunal acusou também a Câmara de Abrantes de má fé processual.

Cozinca

Jorge Ferreira Dias tinha um capital de oito milhões de euros e agora sobrevive com 300 euros de Rendimento Social de Inserção. Em desespero, invadiu a reunião de executivo camarário, tendo agredido o presidente da autarquia.

A PSP foi chamada ao local e acabou por ter de retirar Jorge Ferreira Dias. O INEM esteve no local e prestou assistência ao presidente Manuel Jorge Valamatos, ao vice-presidente João Gomes e a uma funcionária, por terem sofrido ferimentos ligeiros.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.