A primeira vítima mortal de covid-19 na Maia vivia neste lar. Oito funcionárias testaram positivo para covid-19 mas apenas 13 dos 60 utentes da instituição fizeram o teste e aguardam em isolamento para saber se também contraíram a doença.

Depois de ter sido confirmado um caso positivo de Covid-19 num homem de 91 anos e em 8 funcionárias do Lar O Amanhã da Criança, na Maia, a instituição está a manter em isolamento 13 dos 60 utentes. Uma equipa de profissionais deslocou-se ao lar e realizou testes a 13 pessoas que apresentavam sintomas correspondentes à doença. Os restantes utentes passam o dia em ambiente normal mas com um maior distanciamento.

Ordem dos Advogados Maia

O homem de 91 anos foi diagnosticado com o novo coronavírus quando recorreu ao Hospital de São João por ter os valores da hemoglobina elevados. A vítima, que tinha diabetes, problemas cardíacos e sofria de insuficiência respiratória, testou positivo para covid-19 e acabou por perder a vida.

José Manuel Correia, diretor d’O Amanhã da Criança, revelou que nesta terça-feira existiam já 8 funcionárias que testaram positivo para Covid-19, entre um total de 34 funcionárias de geriatria. As 8 funcionárias da instituição já se encontram recuperar em casa.

O Lar estava há 15 dias sem receber vistas de familiares e a direção acredita que o contágio aconteceu pela via de uma estagiária que ligou, na passada sexta-feira, a comunicar que  estava infetada com a doença.

José Manuel Correia explicou que a “situação está para já controlada” e que o lar O Amanhã da Criança está agora a cumprir o plano de contingência com uma equipa de 15 funcionárias ao serviço e um outro grupo de reserva em casa. “A maior dificuldade tem sido encontrar máscaras“, revelou o diretor.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.