Notícias Maia

“Alea jacta est”

© Notícias Maia
Partilhas

O Notícias Maia, projeto até agora inteiramente digital, acrescenta uma versão impressa em formato de revista, que terá uma periodicidade mensal. Esta nova plataforma vai permitir que os leitores acompanhem a informação maiata num suporte físico, duradouro e facilmente preservável.

Os resultados que atingimos enquanto órgão de comunicação social inteiramente online, fazendo uso das plataformas digitais, provam que informar de forma rápida foi eficaz e uma aposta ganha.

O projeto cresceu, amadureceu rapidamente e tornou-se na referência de informação independente no concelho da Maia. O reconhecimento do público, através do número de leitores, prova isso mesmo. Esta maturação obriga a uma maior responsabilidade, melhoria e reposicionamento constante.

Mantendo o digital como forma de comunicar em tempo real, este novo projeto editorial, disponível a partir de abril, consubstancia uma abordagem diferente e orientada para novos públicos, consolidando a marca “Notícias Maia” enquanto referência na informação.

Numa lógica de consciência social e cientes das responsabilidades inerentes a comunicar com tão vasto e digno público, vamos juntamente com esta nova publicação, apresentar um “Notícias Maia” com uma nova linha gráfica, mais adequada aos novos desafios a que nos propomos. O laranja, até agora cor dominante da comunicação gráfica do periódico maiato, será substituído pelo azul, para uma maior sobriedade, característica que pretende ser uma das imagens de marca.

Porque entendemos que a informação deve estar ao dispor da comunidade e que o melhor da Maia são os maiatos, esta nova publicação do concelho vai estar focada nas pessoas, no que de melhor fazem, nas empresas, na qualidade de vida, no desporto, na cultura, sociedade e, sobretudo, de forma transversal, no espírito crítico, que é tão necessário ao desenvolvimento constante.

Considerando o crescimento experimentado pelo município nas últimas décadas, vamos trabalhar com várias organizações da nossa comunidade concelhia, tão fundamentais para o pulsar da Maia e, introduziremos nas próximas edições, cronistas dos mais variados quadrantes da sociedade, com conteúdo exclusivo e condigno.

Porque o jornalismo só faz sentido se for independente e pelo direito à informação, entendemos que esta publicação deverá cultivar a proximidade com a população, mantendo o conteúdo acessível e de fácil leitura.

Fique por aí e boas leituras.

Aldo Maia

COMENTE
MaiaSymphonic

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top