A ARDACM, fundada em 1991, abandonou o futsal federado, tendo realizado na Trofa, o seu último jogo.

No jogo que podia decidir o campeão e que encerrava a presença da ARDACM em competições federadas, na equipa sénior, o resultado sorriu à Slotcar que venceu por três bolas a uma, conquistando igualmente o campeonato. Os maiatos despediram-se com um honroso quinto lugar, num campeonato que estiveram sem perder da 2ª à 16ª jornada, altura em que lideravam a competição.

Na última partida a equipa visitante desperdiçou uma grande penalidade e falhou em momentos chave, o que acabou por ser decisivo e ditou o resultado final. A equipa da casa, a Slotcar, com esta vitória frente aos maiatos, venceu o campeonato na sua época de estreia, muito devido à excelente performance na ponta final do campeonato.

André Maia, atleta da ARDACM, afirmou que este jogo de despedida deixou um “sabor amargo”, revelando que a equipa podia “ter ido mais além”.

“Lutamos até ao fim pelo melhor resultado possivel, sendo que infelizmente desperdiçamos uma grande penalidade e falhamos em momentos chave”, sublinhou André Maia. “Infelizmente nas últimas jornadas fomos irregulares e terminamos em 5 lugar num campeonato incrivel em que 3 equipas ficaram igualadas em pontos no primeiro lugar. Fica o consolo de termos sido a equipa com menos golos sofridos e uma das segundas com menos derrotas”, afirmou o maiato que também realizou o último jogo pela equipa, tendo deixado palavras à Slotcar: “Parabéns ao nosso adversário pelo título na época estreia em que fez uma ponta final incrível”.

Foram ainda deixadas palavras de agradecimento e vontade de olhar para o futuro.

“Vamos agora pensar no futuro sendo que deixará de passar pelos campeonatos da AF Porto. Foi uma grande aventura e por isso agradecemos a todos que a tornaram possivel desde atletas, treinadores, dirigentes, delegados, AF Porto, Camara Municipal Maia, adversários, árbitros e forças policiais.
Nada será como até aqui e apenas uma coisa é certa…a nossa força continuará a ser a Amizade! Força amigos! Força ARDACM!”.

Fundada em 15 de julho de 1991 por Rodrigo Coelho, Maria Mota, Eugénio Vieira, Joaquim Ribeiro, António Bastos, Mário Chaves e Elvira Bastos, a A.R.D.A.C.M. – Associação Recreativa e Desportiva “Os Amigos das Crianças da Maia” é a “continuação” da extinta “Associação de Pais e Amigos das Escolas Primárias/Sede”, naquilo que respeita aos seus núcleos Desportivos, Artísticos e Culturais.

A missão definida para a criação da organização foi a de promover momentos de lazer aos seus associados e em especial às Crianças e Jovens do concelho da Maia. O alcance da proposta e dos objectivos mereceu o acolhimento e apoio dos órgãos Autárquicos, Câmara Municipal da Maia e Junta de Freguesia da Maia, disponibilizando tempos de utilização nos pavilhões municipais para a prática das actividades desportivas, uma Sede Administrativa e uma sala para os ensaios dos vários Grupos de Dança, Expressão Corporal, Canto e Teatro.

O crescimento nos primeiros anos foi exponencial e a ARDACM chegou a movimentar mais de uma centena de atletas. Foi com especial orgulho que os seus fundadores e associados assistiram ao sucesso das suas equipas de futsal (escalões de iniciados, juvenis, juniores, seniores masculinos e femininos) e às actuações dos seus grupos de dança nos mais diversos eventos, especialmente da Juvedance que ainda hoje é uma referência na área.

Esta época 2018/2019 marca a despedida dos campeonato da AF Porto onde a equipa é  das mais antigas em actividade (desde 1995), estando ainda em aberto a continuidade da equipa apenas ao nível concelhio.

A equipa é constituída na sua maioria por atletas que estão no clube há mais de 15 anos. As cada vez maiores exigências que se colocam a uma equipa federada, estão na origem da decisão de suspender a atividade federada, ficando o sonho de num dos próximos anos ser criada uma equipa de camadas jovens, onde os filhos dos atletas possam seguir a história dos seus pais.

Palmarés:

• Época 1993/94 e 1994/95 – Juvenis Masculinos vencedores do prestigiado “Torneio Vitor Baía”
• Época 1998/99 – Seniores Masculinos – título de campeões de série e vice-campeões da 2ª Divisão Distrital com a consequente subida à 1ª Divisão Distrital A.F.P.
• Época 2000/01 – Séniores Masculinos – título de campeões de série e vice-campeões da 1ª Divisão Distrital com a consequente subida à Divisão de Honra da A.F.P.
• Época 2003/04 – Séniores Masculinos – vice-campeões da 1ª Divisão Distrital Série1 com a consequente subida à Divisão de Honra da A.F.P. Dança
• Organização do Corso Carnaval na Maia em 1994
• Participação em diversos programas televisivos a partir do ano 2000
• Participação há vários anos nos mais diversos festivas, com especial destaque no Festival Danças Urbanas das Festas do Concelho da Maia

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.