Ao todo, serão vacinadas 1700 pessoas, entre utentes e funcionários das 38 instituições séniores do concelho.

Arrancou neste dia 20 de janeiro a vacinação dos residentes e funcionários das 38 instituições séniores do concelho da Maia.

Newsletter

Até à próxima terça-feira, 26 de janeiro, receberão a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 cerca de 1700 pessoas, 900 idosos e 800 funcionários.

O processo de vacinação acontece em simultâneo em toda a área do ACES Maia/Valongo e, juntando os dois concelhos, são 2400 as pessoas a receber esta vacina.

O arranque simbólico deste processo de vacinação aconteceu esta quarta-feira no Lar O Amanhã da Criança e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal da Maia, António da Silva Tiago, do Presidente da Instituição, José Manuel Correia, da vice-presidente e vereadora da saúde, Emília Santos, e da responsável pelo ACES Maia/Valongo, a enfermeira Áurea Jorge.

Ainda hoje, serão também vacinados os utentes do Lar Prof. Doutor Vieira de Carvalho e do Lar de Santo António.

“Ficaremos mais fortes para enfrentar a pandemia”

Enquanto os primeiros idosos da instituição começavam a receber a vacina contra a Covid-19, António da Silva Tiago explicava aos jornalistas que a escolha desta instituição para o arranque da vacinação teve que ver com o facto de o município ter feito parte da solução do surto que caiu sobre o lar em março de 2020. Recorde-se que a 29 de março os utentes deste lar foram transportados para uma residência hoteleira na Maia enquanto as instalações eram devidamente desinfetadas.

O presidente da Câmara afirmou estar “convicto de que isto vai correr muito bem” e lembrou que, daqui a 21 dias, utentes e funcionários recebem a 2ª dose da vacina e, assim, “ficaremos mais fortes para enfrentar a pandemia”.

“É o primeiro dia do resto das nossas vidas”

Também José Manuel Correia, presidente da instituição, se mostrou otimista partilhando a mensagem de que este “é o primeiro dia do resto das nossas vidas”.

José Manuel Correia lembrou os “dias de muita angústia” que a instituição passou aquando de um surto que infetou mais de 50 idosos e resultou na morte de sete utentes.

Sobre a atitude dos utentes relativamente à vacina, o presidente afirmou que todos eles quiseram ser vacinados e que se trata de um dia de “grande esperança” para todos.

No Lar O Amanhã da Criança serão vacinadas contra a Covid-19 108 pessoas, 60 utentes e 48 funcionários.

Áurea Jorge, responsável pelo ACES Maia/Valongo, explicou ainda que o ACES tem cinco equipas no terreno e que todo o processo de vacinação será feito em simultâneo na Maia e em Valongo. Os profissionais dos lares vão trabalhar em equipa com estas cinco equipas e ficar, principalmente, com a responsabilidade de garantir a vigilância pós-vacinação.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.