Partilhas

A Edisco registou o maior volume de vendas dos últimos 15 anos e o maior culpado é o metal.

Ainda se lembra das famosas cassetes? Faziam parte da vida dos portugueses e eram muitos os que ficavam junto dos rádios preparados para gravar as melhores canções. A cassete foi lançada oficialmente em 1963, pela holandesa Philips, e, apesar de revolucionária, não tardou a perder lugar para os CD’s.

Notícias Maia

Agora, 57 anos depois, a cassete vê a sua história ganhar vigor com os amantes de música a recorrerem a empresas que fabricam e duplicam neste formato.

A Edisco é uma empresa maiata que fabrica e duplica CD’s, DVD’s e cassetes áudio. É a única fábrica do género na Península Ibérica. Neste ano de 2020 já ultrapassou as vendas de 2019, no que toca ao fabrico de cassetes, traduzindo-se no melhor registo dos últimos 15 anos. 

Armando Cerqueira, proprietário, explicou ao NOTÍCIAS MAIA que “este é o melhor dos últimos 15 anos” no que diz respeito à produção de cassetes e que, apesar de não saber ao certo o valor das vendas de 2020, “já ultrapassámos as 150 mil unidades de 2019”. 

O proprietário afirma que “as pessoas estão à procura de ter novamente a música em formato físico” e que o principal género musical a ser duplicado é o metal. 

A Edisco nasceu em 1979 e, antes disso, estava registada com o nome Discos Rapsodia.

“Ao Som Das Gerações” vai dar música aos idosos da Maia

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.