Seja pela insatisfação com a política local, pela procura de emprego, pela necessidade de se ter mais segurança ou até mesmo pela simples vontade de mudar de ambiente, cada vez mais pessoas migram de um país para o outro, sempre na esperança de se estabelecer num lugar melhor. No caso dos franceses, brasileiros e ingleses, o espírito nómada tem-los levado para Portugal, atraídos pela gastronomia, cultura, clima e população extremamente amigável.

DS Crédito

Nos últimos anos, Portugal recebeu milhares de estrangeiros que resolveram fazer as suas novas vidas em território português. Mas esta escolha não foi aleatória; além da alta qualidade de vida construída à base de preços justos, segurança e educação de alto nível, um estudo da InterNations com 13 mil inquéritos feitos a imigrantes espalhados por 188 países mostrou que Portugal foi escolhido em primeiro lugar em questões de amigabilidade e acolhimento.

No entanto, para os que procuram mudar-se para Portugal, além da simpatia, vários aspetos entram em jogo na hora da escolha, como oportunidades de trabalho, meios de transporte, disponibilidade de serviços de saúde e etc. Quando se decide comprar ou arrendar um novo lar é preciso estabelecer quais são as suas preferências, prioridades e necessidades para então selecionar a cidade ideal. Seguidamente poderá ver um breve resumo das principais características de algumas das cidades mais procuradas pelos estrangeiros.

LISBOA
Por ser a capital, Lisboa é uma das cidades mais disputadas. Por ficar no litoral sul, as temperaturas são agradáveis, as oportunidades de emprego estão entre as mais altas, além de fornecer ótimos meios de transporte e possuir uma das melhores universidades do país. Como desvantagem, Lisboa acaba por ser uma das cidades mais caras para se morar, com trânsito um pouco mais intenso e muitos turistas durante o ano, o que também acaba por atrair muitos carteiristas.

PORTO
Além de possuir lindas praias, a charmosa arquitetura desta cidade, em conjunto com a altíssima gastronomia (e.g. vinho do Porto) e a famosa vida noturna fez com que Porto fosse eleito pela CultureTrip como melhor destino da Europa para se visitar em 2019. Com um lindo litoral e parques, o Porto também oferece diversos eventos culturais, aumentando ainda mais a qualidade de vida. No entanto, para os que se desejam mudar para esta cidade, é preciso ter em mente que, assim como Lisboa, o Porto recebe uma imensa quantidade de turistas, fazendo com que o custo de vida seja mais elevado e o trânsito mais intenso.

COIMBRA
Com uma arquitetura mais medieval, a cidade possui uma das melhores universidades do mundo. Coimbra pode ser pequena, mas está convenientemente localizada entre Lisboa e o Porto. Com 25% da sua população constituída por estudantes, a cidade apresenta uma atmosfera mais jovem, um menor custo de vida, menos trânsito e ótima vida noturna. No entanto, o ritmo da cidade corresponde ao típico ritmo das cidades pequenas, ou seja, aos domingos e feriados a maioria do comércio e restaurantes não abrem, as oportunidades de emprego são um pouco mais baixas que Lisboa e Porto e a estrutura íngreme pode ser um grande inconveniente para idosos que procurem gozar a sua reforma por lá.

SINTRA
Esta cidade possui um charme sem igual, sendo um híbrido entre séculos passados com castelos e palácios, e um lado moderno com shoppings e cinemas. Para além do mais, é capaz de agradar a qualquer gosto visto que possui cidades, praias e montanhas (sem mencionar o fato de ter sido considerada Património da Humanidade pela Unesco). Já as desvantagens encontram-se no fato de que, se comparada com Lisboa e Porto, Sintra é mais difícil para encontrar um emprego, e também há uma menor disponibilidade de transportes e um alto fluxo de turistas.

BRAGA
Uma cidade consideravelmente mais calma e um destino muito procurado por aqueles que procuram gozar a sua reforma, Braga possui um custo de vida mais em conta e bastante segurança. No entanto, por ser mais tranquila e menor, as opções de trabalho são mais escassas e a cidade não sedia muitos eventos, possuindo um ritmo mais lento e talvez um pouco entediante para jovens universitários, por exemplo.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.